fan page

Fumanchu Web Rádio

sábado, 25 de junho de 2016

Ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira se entrega à Justiça em São Paulo Ferreira é suspeito de envolvimento na fraude com empréstimos consignados a partir de um contrato do Ministério do Planejamento

Por: Guilherme Mazui/RBS Brasília




Ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira se entrega à Justiça em São Paulo  Guilherme Mazui/Zero Hora
Paulo Ferreira é ex-deputado federal gaúcho e ex-tesoureiro do PTFoto: Guilherme Mazui / Zero Hora
O ex-tesoureiro do PT e ex-deputado federal, Paulo Ferreira (PT-RS), se entregou na tarde desta sexta-feira. O petista gaúcho, que teve a prisão preventiva decretada na Operação Custo Brasil, se apresentou à Justiça Federal de São Paulo, prestou depoimento ao juiz Paulo Bueno de Azevedo e foi encaminhado à Polícia Federal, onde ficará preso.
O ex-tesoureiro é suspeito de participar de um esquema com empréstimos consignados que teria desviado mais de R$ 100 milhões do Ministério do Planejamento. A operação também prendeu o ex-ministro do Planejamento e das Comunicações, Paulo Bernardo (PT-PR). Ferreira teve a prisão decretada na quinta-feira, porém a Polícia Federal não o encontrou. Ele mudou de residência recentemente e os agentes foram ao seu antigo endereço.
A confusão se deu na carona da abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Casado com a ex-ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, Ferreira vivia com ela e a filha em um apartamento funcional em Brasília. Com o afastamento da presidente, em 12 de maio, Tereza foi exonerada e perdeu o direito ao imóvel. Segundo o Ministério do Planejamento, a ex-ministra entregou o apartamento há uma semana, em 17 de junho.
Na quinta-feira pela manhã, com a divulgação de que estaria entre os presos da Operação Custo Brasil, Ferreira foi procurado pela Rádio Gaúcha e deu entrevista. Afirmou que estava em uma reunião fora da Câmara, onde trabalha como assessor na Comissão de Fiscalização e Controle, na cota de cargos de confiança do deputado Leo de Brito (PT-AC), presidente do colegiado. Por volta das 10h, o ex-tesoureiro falou por telefone com a colunista Carolina Bahia. Estava em casa, ao lado da mulher.
- Estou tranquilo, estou na minha casa. Vou tomar um banho e fazer a barba - disse.
Ciente de que havia um mandado de prisão em seu nome, Ferreira procurou o advogado José Roberto Batochio. Tradicional jurista paulista, ele já defendeu o deputado Paulo Maluf (PP-SP) e o ex-ministro Antonio Palocci. Recentemente, reforçou a equipe jurídica do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava-Jato. Batochio acertou a estratégia para o petista gaúcho se entregar na tarde sexta-feira. 
Secretário de Finanças do PT entre 2005 e janeiro de 2010, Ferreira é o terceiro tesoureiro do partido a ser preso. Seu antecessor, Delúbio Soares, foi preso depois de condenado no julgamento do mensalão. Seu sucessor, João Vaccari Neto, está preso em função da Lava-Jato.
Depois de entregar a tesouraria do partido a Vaccari, o gaúcho concorreu a deputado federal, em 2010. Ficou como suplente, mas assumiu a cadeira entre 2012 e 2014. Na eleição seguinte, voltou a ser suplente, porém não tomou posse. Nos últimos anos, exerceu cargos de confiança na Câmara ligados ao PT.
*Estadão Conteúdo




Fachin nega pedido para retirar sigilo de inquérito contra Renan Calheiros

Fachin nega pedido para retirar sigilo de inquérito contra Renan Calheiros
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou hoje (24) pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para retirar o sigilo do inquérito no qual o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), é acusado do crime de peculato.
De acordo com o inquérito, Calheiros teria supostamente usado o lobista de uma empreiteira para pagar pensão à filha que teve fora do casamento. Na ação, o presidente do Senado é acusado também de ter adulterado documentos para justificar os pagamentos. O caso veio à tona em 2007 e, desde 2013, está no Supremo.
Fica evidente que o réu ganha tempo quando só pode ser julgado pelo Supremo. 
O povo precisa pedir o fim da prerrogativa de foro.

Papotv

Aos 63 anos, Bruna Lombardi recusa convite para posar para a 'Playboy'


Foto: Reprodução Facebook
Foto: Reprodução Facebook
A atriz Bruna Lombardi, de 63 anos,  foi convidada para posar para a revista ‘Playboy’ mas negou o convite. A atriz diz se sentir lisonjeada, mas não pretende posar nua novamente. O convite para o ensaio foi feito nesta semana, após o retorno dela de Los Angeles e em meio a preparação para lançar o livro ‘Jogo da Felicidade’ em Portugal. A informação é da colunista Mônica Bergamo.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
‘Declinei elegantemente, assim como fiz quando me chamaram para o ministério’, disse a atriz, que foi convidada para a pasta da Cultura no governo Michel Temer. ‘Já fiz um ensaio no passado. Ficou lindo.’ A publicação aconteceu em março de 1991. Bruna Lombardi apareceu em 32 páginas, fotografada em St. Barth.
244864_800

AGORA EM PARNAÍBA

Quer que sua casa fique mais linda??? Agora você tem opção, direto de Brasília para Parnaíba, " O Geninho ", o melhor aplicador de papel de parede, agora em Parnaíba.

Com preços indiscutíveis, papel de parede importado de alta qualidade, você tem várias opções de escolha

Ligue e faça uma visita ao Geninho, qualquer hora do dia.

Façam uma visita mesmo sem compromisso

Apresentação na parede
 Demonstração em rolos
Papel de parede para crianças, simplesmente lindos.
Fotros Fumanchú

Teori envia à Justiça Federal de Brasília denúncia contra Lula Rodrigo Janot, da PGR, queria enviar caso a Sérgio Moro, de Curitiba. Para ministro do Supremo, maior parte dos delitos ocorreu em Brasília.

Mariana OliveiraDo G1, em Brasília
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira (24) o envio para a Justiça Federal de Brasília de denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela suposta tentativa de comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Também são alvos da mesma denúncia o senador cassado Delcídio do Amaral, o banqueiro André Esteves e outras quatro pessoas.
Os sete são acusados de obstrução à Justiça, por suposta tentativa de atrapalhar a delação de Cerveró na Operação Lava Jato. Procurada, a defesa de Lula informou que não vai se manifestar sobre a decisão.
Para Teori Zavascki, "tais fatos não possuem relação de pertinência imediata com as demais investigações relacionadas às fraudes no 'ambito da Petrobras'". Por isso, ele entendeu que deve ser considerado o local onde o suposto crime foi consumado, em Brasília.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo que o caso fosse remetido para o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato no Paraná, por entender que havia conexão dos fatos com o esquema de corrupção na Petrobras. Segundo Janot, alguns dos denunciados, como o empresário José Carlos Bumlai, o filho dele Maurício Bumlai e o próprio Cerveró já são alvos de processo no Paraná.
Advogados de defesa dos acusados, no entanto, contestaram o pedido de envio ao Paraná. O banqueiro André Esteves, um dos denunciados, argumentou que o suposto crime foi cometido em Brasília. Já o ex-presidente Lula afirmou que o caso deveria ir para Justiça Federal de São Paulo porque fatos narrados ocorreram naquele estado.
O ministro Teori Zavascki reconheceu que o que permitia que o inquérito seguisse no Supremo era o foro privilegiado de Delcídio. Mas, depois que ele foi cassado, o caso deve continuar na primeira instância, frisou o ministro.
Mas ele entendeu que o próprio Supremo já decidiu que não há a chamada "prevenção" para o que não se referir especificamente à corrupção na estatal. Segundo o ministro, a definição do juízo que deve tocar o caso deve ser feita conforme o local onde o crime foi cometido.
Conforme o ministro, os delitos ocorreram no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília, "com preponderância desta última porque onde desempenhava o ex-parlamentar sua necessária atividade".
Teori Zavascki também frisou que foi em Brasília que o filho de Cerveró, Bernardo, gravou a conversa que deu origem à descoberta da trama.
Denúncia
Para denunciar Lula e os outros seis, a Procuradoria usou as delações premiadas do senador cassado Delcídio do Amaral e do chefe de gabinete dele, Diogo Ferreira, e apresentou extratos bancários, telefônicos e passagens aéreas.
Para Janot, há provas de que Lula se juntou ao amigos, o pecuarista José Carlos Bumlai, e que eles pagaram R$ 250 mil para comprar o silêncio de Cerveró.
Na denúncia, a Procuradoria afirmou que Lula “impediu e/ou embaraçou investigação criminal que envolve organização criminosa , ocupando  papel central , determinando e dirigindo a atividade criminosa praticada por Delcídio do Amaral, André Santos Esteves, Edson de Siqueira Ribeiro, Diogo Ferreira Rodrigues, José Carlos Bumlai” e pede a condenação dos denunciados por obstrução da Justiça.

Moro não perde tempo e reabre inquérito contra Lula

Moro não perde tempo e reabre inquérito contra Lula
Sérgio Moro determinou, em despacho publicado nesta sexta-feira, a reabertura do inquérito contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, referentes à 24ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Aletheia, dando prazo de cinco dias para que Ministério Público Federal, Polícia Federal, partes e advogados acusem conhecimento da retomada da tramitação do caso.
Moro afirmou que o conteúdo das interceptações telefônicas de Lula deverá permanecer em sigilo por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), assim como deverão ser descartadas as gravações de conversas entre Lula e a presidente Dilma Rousseff (PT) sobre o termo de posse da Casa Civil, feitas após a final do prazo estipulado para as interceptações telefônicas.
Segue um trecho do despacho:
 “Deverá ser observado o sigilo decretado pelo STF sobre a interceptação telefônica. Fica autorizado o uso no inquérito e em eventual ação penal, mediante juntada com anotação de sigilo em relação a terceiros (sigilo 3). Ressalve-se, por óbvio, o diálogo datado de 16/03/2016, entre o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a Exma. Presidente da República Dilma Roussef, atualmente afastada, já que invalidado”.
O povo torce para que a prisão do ex-presidente Lula seja efetuada o quanto antes, pois assim, o Brasil retomará a confiança de seu povo nas instituições. 

Papotv

Procurador da Custo Brasil disse que provas são válidas

Procurador da Custo Brasil disse que provas são válidas
O procurador da Operação Custo Brasil, Andrey Borges de Mendonça, tranquilizou a população sobre a possível anulação de provas recolhidas no apartamento da senadora Gleisi Hoffmann.
Em coletiva, o procurador afirmou que o Ministério Público Federal e a Justiça Federal se precaveram para que não fossem colhidos documentos da senadora na busca e apreensão realizada em seu apartamento funcional. 
Além de o mandado judicial definir claramente que apenas documentos e objetos de Paulo Bernardo, marido da senadora, deveriam ser apreendidos, o procurador se comprometeu a devolver quaisquer elementos apreendidos pertencentes a senadora do PT.
Desta forma, verifica-se que não houve nenhuma irregularidade na referida medida cautelar, sendo todas as provas e elementos recolhidos plenamente válidos, os quais poderão ser utilizados para eventuais acusações e condenações.

Papotv

Polícia indicia 14 pessoas por queda de ciclovia no Rio de Janeiro Todos responderão por homicídio culposo (quando não há intenção de matar)

Foto: Fernando Frazão
A Polícia Civil indiciou 14 pessoas devido a queda de parte da Ciclovia Tim Maia, no Rio de Janeiro. Segundo informações do jornal O Globoeles responderão por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).
Foram indiciados Fábio Lessa Ribeiro, Juliano de Lima, Geraldo Batista Filho, Marcus Bergman, Elcio Romão Ribeiro, Ernesto Ribeiro Mejido e Fabio Soares Lima, todos eles funcionários da empresa responsável pela contratação e fiscalização da obra Geo-Rio. Ioanis Saniveros Neto, Marcelo José Ferreira de Carvalho, Jorge Alberto Schnneider, Fabrício Rocha Souza, Nei Araújo Lima, do Consórcio Contemat-Concrejato, que construiu a ciclovia, também foram responsabilizados.
Claudio Gomes Castilho Ribeiro, responsável técnido da Engemolde, e o coordenador técnico da Subsecretaria municipal de Defesa Civil, Luís André Moreira Alves também foram anexados ao inquérito.
Morreram no acidente Eduardo Marinho Albuquerque, de 54 anos, e Ronaldo Severino da Silva, de 60 anos, ambos vítimas de traumatismo do tórax e asfixia por afogamento.

GAÚCHA COM INFORMAÇÕES DO JORNAL O GLOBO

ANIVERSARIANTE DO DIA

Quem completa mais uma primavera é meu amigo Lutiano Silva, uma pessoa nota mil, dedicada no que se compromete a fazer, honrado, ótimo filho, esposo, e pai, dedicado, amigo, sério, uma pessoa que dispensa comentários.

Nós do Blog do Fumanchú, desejamos a você e a todos os seus, que DEUS esteja sempre cobrindo de bençãos, e os protegendo sempre.

Parabéns por ser quem você é.

ANIVERSARIANTE DO DIA

Hoje meu amigo Flaviano Marques completa mais uma primavera, além de salvar vidas, este cara é nota 10, ser amigo deste cidadão é sempre uma honra.

Nós do Blog do Fumanchú nos orgulhamos de prestar esta simples homenagem a você FLAVIANO.

Que DEUS esteja sempre do seu lado, e dos seus.

Parabéns pelo seu dia

Polícia busca pistas no caso de jovem morta na frente dos pais Sara Votto Tótaro foi morta após a tentativa frustrada de roubar o carro da família

Sara foi morta em frente à família, na noite de quinta-feira (23)
Foto: Reprodução /Facebook
A Polícia Civil procura pistas que levem ao atirador que matou a jovem Sara Votto Tótaro, de 22 anos, após a tentativa frustrada de roubar o carro da família na noite desta quinta-feira (23), na Rua Gaurama, no Bairro Cavalhada, Zona Sul de Porto Alegre. Os pais da estudante de Biblioteconomia foram buscar ela e a irmã, de 24 anos, na UFRGS. Eles estavam entrando na garagem de casa, por volta de 21h45, quando foram abordados por quatro criminosos em um automóvel branco.
De acordo com o titular da 13ª Delegacia de Polícia da Capital, Luciano Coelho, a polícia está percorrendo o caminho que a família fez até a residência, para buscar câmeras de segurança que possam auxiliar na investigação e identificar o veículo, que seria um Gol branco, além dos criminosos. O delegado diz que há câmeras no local, mas a resolução das imagens não é boa. Os pais e a irmã da vítima já foram ouvidos.
Em entrevista ao Gaúcha Repórter, o delegado Luciano Coelho destacou que é difícil saber o porquê dos assaltantes terem atirado contra a vítima, que morreu após ser atingida com um tiro no peito.
"Acreditamos que foram ovens que efetuaram o assalto. Alguma coisa deve ter ocorrido, devem ter se assustado e acabaram atirando na garota. Tudo que indica que foram jovens e tem a questão da inexperiência, o atirador assustado, com a adrenalina a mil, aí qualquer movimento de qualquer um dos familiares pode ter ocasionado o disparo da arma", avaliou.
O delegado Luciano Coelho pediu que qualquer informação que possa ajudar nas investigações seja repassada por telefone, seja o 190, da Brigada Militar, ou o telefone da 13ª DP: (51) 3242-1108.
A Câmara de Vereadores de Porto Alegre, onde a jovem trabalhava como estagiária, publicou uma nota de pesar. Confira:
"A Câmara Municipal de Porto Alegre, por meio de seus vereadores e funcionários, informa, com pesar, a morte da sua estagiária Sara Votto Tótaro, ocorrida tragicamente na noite desta quinta-feira (23/6) em frente a sua residência na Zona Sul. Admirada pelos colegas pela sua generosidade e competência, a jovem Sara tinha apenas 22 anos e havia sido selecionada para estagiar no Setor de Biblioteca da Câmara, por meio de seleção pública realizada no ano de 2016, tendo se classificado em primeiro lugar no concurso.
Prestamos nossa solidariedade aos familiares e amigos neste momento de dor e indignação.
A Câmara Municipal de Porto Alegre envidará esforços para que haja a rápida apuração dos fatos que envolveram o assassinato da jovem e a devida identificação e prisão dos criminosos.
Cassio Trogildo
Presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre"
GAÚCHA

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Teori contraria Janot e favorece Lula

Teori contraria Janot e favorece Lula
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki decidiu nesta sexta-feira (24) enviar para a Justiça do Distrito Federal a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sob acusação de envolvimento em uma trama para comprar o silêncio e evitar a delação do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.
A decisão contrariou a posição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que defendeu que o caso ficasse com o juiz do Paraná Sergio Moro.
Janot foi muito criticado por encaminhar um pedido de prisão dos caciques do PMDB ao STF. Os chefões do PMDB chegaram a acusar Janot de ser seletivo. 
Será que os mesmo caciques governistas vão alegar o mesmo de Teori ?

Papotv

Ricardo Pessoa é condenado e pega mais de 8 anos

Ricardo Pessoa é condenado e pega mais de 8 anos
Delator da Operação Lava Jato e investigado em suas fases iniciais, o empreiteiro Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia, foi condenado a 8 anos e 2 meses de prisão por corrupção e participação em organização criminosa nesta quinta-feira (23).
Pessoa foi o único condenado na ação, que tratava do pagamento de propina pela UTC em obras da Petrobras, tais como a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, o Comperj, no Rio de Janeiro, e a Refinaria Getúlio Vargas, no Paraná.
Quando um corrupto é condenado, o povo dorme mais feliz.

Papotv

Violência suspende aulas em 50 escolas do Rio onde quase 13 mil estudam.

Crianças fazem um protesto no Alemão
Crianças fazem um protesto no Alemão Foto: Betinho Casas Novas
Extra

A violência em comunidades do Rio fez com que 50 escolas do município localizadas na Zona Norte suspendessem as atividades nesta sexta-feira. As unidades atendem, juntas, quase 13 mil alunos. A informação é das Secretarias municipal e estadual de Educação.
A movimentação policial no Complexo do Alemão
A movimentação policial no Complexo do Alemão Foto: Betinho Casas Novas
Na região da Favela do Jacarezinho - onde acontece uma operação à procura dos assassinos do sargento Ericson Gonçalves Rosário - e no Complexo do Alemão - onde a base de uma UPP teria sido atacada por bandidos por volta das 5h - estão sem atendimento cinco escolas, quatro creches e seis Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs). Estudam nas unidades - todas municipais, 4.050 alunos no turno da manhã.
Crianças do Alemão protestam com cartazes pelo fato de estarem mais um dia sem aulas. "Mais escolas, menos tiros" e "Quero estudar, não morrer", dizem as mensagens. Além dos colégios fechados, o teleférico também suspendeu o funcionamento por causa de intensa troca de tiros entre PMs e traficantes.
Já na região da Vila Cruzeiro, onde há uma operação policial, oito escolas, três creches e dois EDIs - todos municipais - suspenderam as aulas. Os locais atendem a 3033 alunos no turno da manhã. No Complexo da Maré, onde a Polícia Civil faz uma operação para tentar capturar o traficante Fat Family e o bando que o resgatou, há 12 escolas, três creches e seis EDIs da rede muncipal sem atendimento. As unidades têm 5531 matriculados no turno da manhã. Uma escola da rede estadual na região também fechou as portas
As Secretarias de Educação informaram que o conteúdo perdido será reposto.

BELLA DA SEMANA

Darline Carvalho - Este mês o Bella da Semana completa 14 anos no ar e traz um presente especial para comemorar! Ela é formada em balé clássico e teatro, faz faculdade de Moda, estuda inglês, pratica musculação todos os dias e ainda consegue arrumar um tempinho para visitar bons restaurantes e desfilar o corpo escultural pelas areias da praia. Aos 23 anos, Darline Carvalho impressiona não apenas pelas curvas cuidadosamente esculpidas, mas pela determinação. ‘Sou muito determinada e levo isso a todos os aspectos da minha vida.’ Para seguir o exemplo da nova modelo do Bella da Semana e manter-se MUITO ocupado, clique aqui.

Nome: Darline Carvalho.
Data de nascimento: 24 de fevereiro de 1992.
Cidade onde mora: São Paulo (SP).
Signo: peixes.
Darline Carvalho
Sérgio Saraiva

Sinead O'Connor desaparece novamente, polícia é avisada que ela ameaçou se jogar de ponte de Chicago, mas artista solta palavrões nas redes sociais Cantora já havia causado comoção em maio ao passar mais de uma semana desaparecida

Sinead O'Connor (Foto: Getty Images)









A notícia de que a cantora Sinead O’Connor estaria mais uma vez desaparecida  fez seus fãs e seus familiares temerem o pior. Moradora da cidade de Chicago nos Estados Unidos, a artista de 49 anos teria recentemente ameaçado se jogar de uma ponte. As autoridades norte-americanas foram informadas do sumiço da artista e estavam em busca da cantora. Segundo os policiais locais, eles receberam uma ligação de um sargento de polícia de Dublin, na Irlanda, avisando que Sinead entrou em contato com eles afirmando que pretendia pular de uma ponte de Chicago.
No entanto, a artista, nas redes sociais, soltou o verbo e desmentiu que estaria pensando em tirar a própria vida. “É uma besteira imensa que eu tenha pulado de uma ponte, algum idiota inventou essa fofoca falsa e infeliz. ESTOU FELIZ DEMAIS PARA FAZER ISSO!!”, publicou a cantora. O'Connor também aproveitou para celebrar a decisão de saída do Reino Unido da União Europeia em referendo realizado ontem.
A cantora Sinead O'Connor avisou pelo Facebook que está bem (Foto: Facebook)
Passando por tratamento contra depressão há alguns anos, a cantora também havia desaparecido no meio do último mês de maio. Ela voltou para casa mais de uma semana após sair para um passeio de bicicleta. Posteriormente, ela utilizou sua conta ans redes sociais para xingar seu ex-namorado, que entrou em contato com as autoridades para relatar o sumiço.
Na época, após passar por exames físicos e psicológicos em um hospital local, O’Connor escreveu no Facebook que foi abandonada por seus amigos e familiares após revelar seus problemas de depressão e sua tendência suicida. “Todos vocês me abandonaram por eu ser suicida”, afirma a cantora. Ela também disse que seus problemas psicológicos foram expostos por pessoas próximas a ela e por isso ela perdeu a guarda e acabou se afastando de seus quatro filhos.

Bolsonaro fala sobre a tentativa de barrarem a candidatura dele

Se barrarem a candidatura de Bolsonaro, o Brasil corre sérios riscos de nunca mais se tornar um país governável. Bolsonaro fala sobre a tentativa de barrarem a candidatura dele Bolsonaro fala sobre a tentativa de barrarem a candidatura dele Bolsonaro gravou um vídeo para explicar o que acha desta situação YOUTUBE.COM

Documentos das investigações contra Lula chegam à Curitiba

Documentos das investigações contra Lula chegam à Curitiba
Material foi entregue ao destinatário ás 12:50 horas. Estima-se que o juiz da Lava Jato já esteja conferindo todas as mídias e a papelada. 
Lula se encontra neste momento apavorado.