midads

fan page

Fumanchu Web Rádio

sexta-feira, 3 de julho de 2015

ARRAIÁ DA ESCOLA MONSENHOR ROBERTO LOPES

Foi hoje a tarde no Buffet Francisca Veras, localizado na Rua Independência em frente a Vila Militar, fone 3321 1997 ou 99477 4534, o grande e animadíssimo ARRAIÁ da Escola Monsenhor Roberto Lopes.

Na abertura teve a fala da Gestora Eugênio Mavignier, foi executado o Hino Nacional Brasileiro e em seguida várias apresentações, quadrilha Lumiar Mirim, quadrilhas, bois, representações de regiões brasileiras, por diversas turmas da escola, Carimbó, Dança Country, Dança Gaúcha, Dança Mineira e Dança Nordestina, slides com fotos e músicas de cada região.

Teve também a Barraca Vem  Q Tem, com cardápio para todos os gostos.

A animação estava estampada no rosto de todos


 Vejam quem estava no Arraiá, um mulambo sofredor rsrsrsrs, Hexa de mentira rsrsrs
 Fotos Fumanchú

Mulher flagrada nua em moto é procurada para ser multada por estar sem capacete; veja as imagens

Portal do Holanda

Uma mulher foi flagrada nua na garupa de um moto, circulando pelas ruas da Voronezh, na Rússia ocidental. 

Imagens feitas por um veículo que seguia logo atrás revelam que, na inusitada ocasião, a jovem utilizava apenas um sapato preto de salto alto.
O vídeo foi parar na internet e autoridades locais agora estão à procura do casal. Ambos podem ser multados: a mulher por não usar capacete e o homem por conduzir passageiro sem o equipamento.  
Logo no início do vídeo é possível ver o motociclista em "zigue-zague" na via e, em seguida, a moça realiza algumas acrobacias.


SAÚDE


De acordo com uma pesquisa científica japonesa, banana (banana) totalmente madura com manchas escuras na casca, produz uma substância chamada "factor de necrose tumoral", que tem a capacidade de combater células anormais. Quanto mais madura é a banana, melhor a sua capacidade anti-câncer. 


Bananas com manchas escuras são mais alcalinas e oito vezes mais eficazes na melhoria das propriedades dos glóbulos brancos, quando no seu estado de verde. Comer 1-2 bananas por dia vai aumentar a sua imunidade.

Suplentes são retirados da Câmara por traição aos compromissos com governo

Da Redação do Portal AZ 

O governador Wellington Dias determinou o imediato retorno à Câmara dos Deputados dos secretários Fábio Abreu (PTB) e Rejane Dias (PT) para garantir dois votos favoráveis à derrubada da PEC 171, aprovada em primeira votação, que reduziu a maioridade para 16 anos. Deixam as vagas os suplentes Silas Freire (PR) e Mainha (SD). No Palácio de Karnak se diz que Silas traiu os compromissos assumidos.


Saem Silas e Mainha e retornam Fábio Abreu e Rejane

A decisão de retornar os secretários, inicialmente sob o argumento de que eles vão tratar de suas emendas parlamentares, se deu em consequência do rompimento do compromisso de Silas Freire. Mainha, por sua vez, seria penalizado para não permitir o retorno de Silas a Câmara. 


Como votou


Na primeira e segunda votação, Silas votou a favor da redução da maioridade, chocando-se com a posição do governo federal. Já o deputado Mainha, do Solidariedade, votou contra nas duas votações.

Essa foi o primeiro teste de fidelidade imposto aos suplentes de deputados federais convocados para as vagas de Fábio Abreu, atual secretário de Segurança e de Rejane Dias (Educação).

Ao que tudo indica, Silas Freire e Mainha não chegaram a ser comunicados do retorno dos titulares dos mandatos porque em rede social, em gravação, ele diz: “não importa se eles ficam. Eu não mudo. Eu marquei um golaço”.

Para o suplente de Fábio Abreu, sua posição de votar a favor da redução da maioridade para 16 anos, foi para atender aos anseios da população. Silas se
diz conformado, se realmente perder a vaga, admitindo que o povo o escolheu para ficar na reserva.

Telespectadora diz que Ana Hickmann fez book rosa e causa saia justa

Programa religioso da grade noturna da Record, o "Fala Que Eu Te Escuto" abordou o book rosa, tema atualmente em alta por causa da novela das 23h da Globo, "Verdades Secretas". E, mesmo sem participar da atração, Ana Hickmann acabou virando alvo da conversa. 

O pastor Clodomir, apresentador, pediu para que os telespectadores entrassem em contato para dar opinião sobre o assunto, dizendo se acreditavam que algumas modelos famosas poderiam ou não ter feito programas enquanto trabalhavam com as passarelas.

Uma pessoa afirmou que Gisele Bündchen poderia, sim, ter feito algo do tipo, já que conquistou fama e reconhecimento internacional. Mas foi apenas quando o nome da apresentadora da emissora foi citado que o religioso interrompeu para defendê-la.

De acordo com a fonoaudióloga Felismina, a loira do "Hoje Em Dia", assim como outras modelos, teria aceitado propostas indecentes para alcançar a fama. Neste momento, ela foi interrompida, mas argumentou: "É a minha opinião, pastor", alertou.


Para amenizar o assunto, o apresentador leu diversas mensagens recebidas durante a atração, todas em apoio a Ana Hickmann. Antes de encerrar o programa, ele ainda defendeu a colega de emissora, dizendo que a artista nunca aceitou - ou aceitaria - propostas de book rosa. 

Fonte: MSN

Justiça nega pedido de habeas corpus preventivo a José Dirceu Defesa do ex-ministro entrou com ação para tentar evitar possível prisão. Empresário relatou ao MP suposto pagamento de propina a ex-ministro.

Do G1 RS

O ex-ministro José Dirceu ao deixar a Vara de Execuções Penais, em Brasília (Foto: Joel Rodrigues/Frame/Estadão Conteúdo)
O ex-ministro José Dirceu foi citado na Lava Jato
(Foto: Joel Rodrigues/Frame/Estadão Conteúdo)
A Justiça Federal negou nesta sexta-feira (3) o pedido de habeas corpus preventivo pedido no dia anterior pela defesa do ex-ministro  José Dirceu, para tentar evitar uma possível prisão dele na Operação Lava Jato. A informação é do Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre.
O pedido de habeas corpus foi feito após o empresário Milton Pascowitch, preso durante a Lava Jato, dizer que o ex-chefe da Casa Civil recebeu propina por contratos com a Petrobras.
A defesa de Dirceu alegou que ele tem colaborado com as investigações sobre o escândalo de corrupção e que quer evitar um "constrangimento ilegal" com uma possível prisão do ex-ministro. Segundo os advogados, na sua vida política, Dirceu "não construiu castelos, não criou impérios ou acumulou fortuna".
Responsável pela decisão, o juiz federal Nivaldo Brunoni afirmou que o fato de Dirceu ser apontado por Pascowitch na delação premiada não significa que ele será preso preventivamente e que o "mero receio" da defesa não justifica o habeas corpus preventivo.

"(...) O fato de o paciente [Dirceu] ser investigado e apontado no depoimento de Milton Pascowitch não resultará necessariamente na prisão processual. Até mesmo em face do registro histórico, as prisões determinadas no âmbito da 'Lava-Jato' estão guarnecidas por outros elementos comprobatórios do que foi afirmado por terceiros", escreveu o juiz.

O magistrado afirmou ainda que não cabe a ele antecipar-se ao juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, decidindo, em tese, se a situação de Dirceu comporta ou não a prisão preventiva.
Ele explicou ainda que decretou segredo de Justiça por 48 horas para evitar uma queda no sistema no portal de consulta processual da Justiça Federal como a que ocorreu na semana passada, quando um cidadão de Campinas (SP) entrou com um pedido semelhante em benefício do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Atualmente, José Dirceu cumpre prisão domiciliar em regime aberto por condenação no processo do mensalão do PT. Ele cumpre 7 anos e 11 meses pelo crime de corrupção ativa. O ex-ministro foi preso em novembro de 2013, e, menos de um ano depois, obteve progressão do regime semiaberto para o aberto.
O depoimento de Pascowitch
Os detalhes da delação premiada de Pascowitch foram divulgados na quarta-feira (1º). O empresário relatou aos procuradores do Ministério Público Federal ter intermediado pagamento de propina a José Dirceu para que a Engevix, uma das empresas investigadas pela Polícia Federal, mantivesse contratos com a estatal.

Na delação, Pascowitch afirmou que a empresa dele, Jamp, pagou R$ 1,5 milhão para a JD Consultoria, empresa do ex-ministro.
O empresário foi preso pela PF em maio deste ano na 13ª fase da Lava Jato. Na última terça (30), ele passou a cumprir pena em regime domiciliar em São Paulo, em razão do acordo de delação premiada.
Segundo a Polícia Federal, Pascowitch é suspeito de ser um dos operadores do esquema de corrupção na Petrobras. A PF diz que ele atuava como elo entre a diretoria de Serviços da estatal e o PT. O contato, diz a corporação, era feito por meio da JD Consultoria.
Investigações da Lava Jato
Dirceu é investigado em inquérito por suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro. Os investigadores querem saber se a empresa dele prestou serviços de consultoria a empresas que desviaram dinheiro da Petrobras ou se os contratos eram apenas uma maneira de disfarçar repasses de dinheiro desviado da Petrobras. 

Em janeiro, o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância, decretou a quebra do sigilo bancário e fiscal da empresa JD Consultoria e do ex-ministro.
Segundo relatório da Receita Federal, a empresa de José Dirceu recebeu dinheiro de pelo menos cinco empresas investigadas na Lava Jato – construtoras OAS, Engevix, Galvão Engenharia, Camargo Corrêa e UTC. Entre 2006 e 2013, os depósitos somados chegaram a quase R$ 8 milhões. Os pagamentos estão sendo investigados.
A JD Consultoria faturou R$ 29 milhões em contratos com cerca de 50 empresas nos últimos nove anos, segundo advogados de Dirceu.
O que diz a defesa de Dirceu
Procurada, a defesa do ex-ministro reafirmou que o contrato da JD Consultoria com a Jamp não tem relação com a Petrobras ou o PT. Segundo o habeas corpus, a consultoria "já encerrou, há muito tempo, suas atividades, não tendo mais quaisquer valores a receber nem tampouco funcionários".

Desde o momento em que foi cientificado (repita-se, pela imprensa) de que era alvo das investigações da Operação Lava Jato, José Dirceu tem colaborado com as autoridades, revelando, assim, a absoluta desnecessidade de eventual e tão anunciada prisão preventiva"
Pedido de habeas corpus feito pela defesa de José Dirceu
Os advogados de José Dirceu afirmam ainda que, diante de fatos relatados pela imprensa, ele está na "iminência de sofrer constrangimento ilegal" em investigação aberta na Justiça Federal do Paraná.
Os advogados sustentam que Dirceu tem adotado postura "absolutamente proativa" e apresentou documentos referentes aos serviços prestados às empresas Galvão Engenharia, Construtora OAS e UTC Engenharia. Depois, diz a defesa, Dirceu abriu mão de seus sigilos "e se colocou à disposição, mais de uma vez, para prestar esclarecimentos à autoridade policial e ao Ministério Público Federal".
No texto, a defesa afirma ainda que Dirceu não tem riquezas e "não construiu castelos". "Até mesmo seus críticos mais duros sabem que com ele não encontrarão riquezas escondidas; dele, não acharão contas no exterior, nem com muito, nem com pouco dinheiro. Pelo contrário, o que se afirma nas delações é que amigos pediram por ele."
Habeas corpus para Lula
Há uma semana, um pedido de habeas corpus preventivo também foi registrado no TRF-4 pedindo que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não fosse preso na Lava Jato. Na ocasião, o Instituto Lula, do ex-presidente, negou que a ação judicial tenha sido impetrada por ele ou por qualquer advogado ou entidade que o represente.

Segundo a assessoria do TRF-4, o autor do pedido era Maurício Ramos Thomaz. Ele é um consultor de Campinas, sem ligação com ex-presidente. Qualquer cidadão tem o direito de acionar a Justiça para obter um habeas corpus em favor de qualquer pessoa.
O habeas corpus preventivo, também conhecido como salvo-conduto, pode ser concedido quando a liberdade física está sendo ameaçada (ou seja, quando ainda não há o dano, mas apenas a ameaça de dano).

Adolescente de 15 anos provocou incêndio que destruiu creche em MT À polícia, ele disse que cometeu o crime porque sentiu vontade. Prefeitura calcula que reforma do prédio pode chegar a R$ 100 mil.

Amanda SampaioDo G1 MT

Incêndio foi contido por caminhões-pipa de usina de cana-de-açúcar de Barra do Bugres (Foto: Nilson Guedes/Arquivo pessoal)Na área aberta onde o fogo começou, foram encontrados os arames dos pneus usados para causar o incêndio (Foto: Nilson Guedes/Arquivo pessoal)
Um adolescente de 15 anos confessou ser o autor do incêndio que destruiu parcialmente uma creche no último domingo (28) em Barra do Bugres, a 169 km de Cuiabá. O delegado João Paulo Praisner informou que, durante a investigação feita pela Polícia Civil do município, uma das testemunhas ouvidas informou que ele tinha sido visto perto da creche municipal Professor Manoel Custódio momentos antes do incêndio.
O adolescente mora perto da creche e foi ouvido pela polícia na manhã desta sexta-feira (3), quando confirmou a autoria do incêndio. O fogo foi ateado em um pedaço de pano e em pneus em uma área coberta do prédio e acabou se alastrando pelos outros cômodos. No local onde o incêndio começou, foram encontrados o arame dos pneus no chão.
O município não tem Corpo de Bombeiros e o fogo foi contido com o apoio de caminhões-pipa de uma usina de cana-de-açúcar da região.
“Foi perguntado o motivo de ele ter feito isso e ele nos disse que fez porque queria praticar o incêndio. Quando perguntei se ele se importava com as 70 crianças que eram atendidas ali e que tiveram que ser encaminhadas para outras instituições, ele demonstrou indiferença”, afirma Praisner.
Telhado foi destruído pelo fogo (Foto: Nilson Guedes/Arquivo pessoal)Forro foi destruído pelo fogo (Foto: Nilson Guedes/Arquivo pessoal)
A secretária de Educação do município, Ivone Rocha, informou que a prefeitura está finalizando o cálculo sobre o valor da reforma do prédio, mas a estimativa é que custe aproximadamente R$ 100 mil. “Teremos que trocar telhado, o madeiramento do prédio, forro, piso. A parte elétrica terá que ser refeita e uma parede será derrubada e refeita”, comenta.
A reforma deve ficar pronta em dois meses e, segundo a secretária, as crianças permanecem em casa, pois foi informado aos pais que será improvisado um novo local para dar assistência a elas em 15 dias.

O delegado explicou que, após o interrogatório, o adolescente foi liberado porque não estava em situação de flagrante. “Como cometeu um ato infracional, o caso será encaminhado à Justiça em Barra do Bugres e será aplicada uma medida socioeducativa por sua conduta”, disse.

EM RUSSAS - EX-VEREADOR É MORTO A TIROS; CRIME FOI REGISTRADO AO VIVO EM PROGRAMA DE RÁDIO

Foto: Divulgação
O ex-vereador e candidato a prefeito de Russas, Aureliano Ribeiro, foi vítima de homicídio na manhã desta sexta-feira (03).
O fato aconteceu por volta das 07h20min, Aureliano estava dentro do carro com sua esposa quando foi surpreendido por um indivíduo que desceu de uma moto anunciando um assalto e disparou contra ele.
O político foi socorrido por populares ao hospital, onde recebeu atendimento médico, mas infelizmente, pouco tempo depois de dar entrada no hospital, ele veio a óbito.

Equipes policiais estão em diligências à procura de informações que levem à autoria do crime, bem como sua motivação, que ainda é desconhecida.
Os ouvintes da Rádio Progresso escutaram ao vivo o momento dos disparos quando o repórter que estava participando da programação estava próximo ao ex-vereador.

Fonte: TV Russas, via Blog Hidrolandia 24hs
Vejam mais:
Foto: Divulgação