midads

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Assassino de médico é apresentado pela polícia maranhense



 (NEIDSON MOREIRA/OIMP/D.A PRESS)
Na tarde desta terça-feira (12) foi apresentado, na Superintendência da Polícia Civil no Interior, o estudante Renã Manoel Souza, acusado de matar a facadas o médico Edivaldo Daniel Filho, 29 anos, durante uma micareta na cidade Caxias, no dia 6 de junho.

O crime aconteceu quando foi jogado no médico um pedaço de gelo. Ele reclamou e foi agredido, dando origem a uma briga e Renan, aproveitando-se da confusão, desferiu as facadas que tiraram a vida de Edivaldo.

Renã se apresentou acompanhado do advogado Ítalo Gustavo da Silva Leite, e recebeu voz de prisão por ter em desfavor um decreto de prisão preventiva, expedido pelo juiz Lúcio Antônio Vale. 

Depois de submetido a exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal, Renã Souza foi encaminhado a uma unidade prisional da capital, não sendo transferido para Caxias por questões de segurança.
Postar um comentário