FumanchúWebRádio

fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Patrícia Poeta mostra silhueta fininha de biquíni em praia no Rio Apresentadora, que estava no Leblon com a família, aproveitou o calor carioca para tomar um banho de mar.

Ana Carolina PortoDo EGO, no Rio
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta resolveu aproveitar o verão carioca para ir à praia neste domingo, 28, com a família. A apresentadora - que emagreceu dez quilos desde que passou a fazer parte do programa "É de casa" - exibiu sua silhueta fininha no Leblon, na Zona Sul do Rio.
Para espantar o forte calor, Patrícia resolveu dar um mergulho no mar e mostrou a todos a sua barriguinha chapada. O biquíni escolhido foi um tomara que caia estampado.
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)

Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)

Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)
Patrícia Poeta (Foto: AgNews)Patrícia Poeta (Foto: AgNews)

Pertences do neto de Chico Anysio são achados em Quissamã, no RJ Polícia faz buscas na região para tentar encontrar Rian Britto, de 25 anos. Filho de Nizo Neto está desaparecido deste terça-feira (23).

Do G1 Rio
Agentes da Delegacia de Descobertas de Paradeiros foram para o município de Quissamã, no Norte Fluminense, após documentos e roupas de Rian Brito, de 25 anos, neto do humorista Chico Anysio, serem encontrados na Praia do Paulista nesta segunda-feira (29). Policiais e bombeiros iniciaram as buscas no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba e em pousadas nos arredores. O jovem está desaparecido desde terça-feira (23).
Quissamã, RJ
De acordo com o coordenador da Defesa Civil em Quissamã, Amaro Garcia, as buscas por Rian serão retomadas na terça-feira (1°) às 6h. Em entrevista na tarde desta segunda, o delegado Carlos Augusto Guimarães, da 130ª DP, disse que buscas serão iniciadas também no mar.
"Os pertences que foram encontrados aqui, eu só estou autorizado a confirmar que realmente são do rapaz Rian, que está desaparecido. A assessoria da Polícia Civil vai prestar maiores esclarecimentos através de uma nota. Os bombeiros já tiveram autorização do comando para fazer buscas tanto na mata como no mar para saber se encontram o rapaz", afirmou Carlos Augusto.
O delegado contou ainda que os objetos de Rian foram encontrados por um homem no domingo (28) e levados até a DP nesta segunda.
"O que eu posso dizer é que as investigações, tanto da Polícia Civil como do Corpo de Bombeiros, vão continuar até que encontrem o rapaz. Foram encontrados os documentos pessoais, o cartão bancário, uma camisa e o chinelo dele. Um rapaz estava passando na praia e encontrou (os objetos), levou para sua casa e guardou. Quando viu na televisão que se tratava do Rian, ele veio na delegacia entregar. É o que eu posso dizer agora", declarou o delegado.
Imagens
No domingo (28), a Polícia Civil divulgou imagens que mostra Rian entrando em um táxi em um shopping da Zona Sul do Rio. A polícia ainda não descobriu a identidade do taxista, que poderia ajudar a saber o paradeiro do rapaz. As imagens, cedidas pelo shopping, mostram Rian descendo uma escadaria e fazendo sinal para um táxi por volta das 13h30.
O pai de Rian, o ator Nizo Neto, divulgou as imagens em uma rede social e falou da importância de que sejam compartilhadas. A mãe do rapaz disse, recentemente, não ter tanta certeza que o filho está bem.
A delegada informou que o caso está sob investigação e testemunhas têm sido ouvidas. Ainda de acordo com ela, a polícia também busca outras imagens que posam ajudar nas investigações.

10 respostas sobre a vacina da dengue

logo Minha Vida
CUIDADOS BÁSICOS
Saúde
A MAIS VISTA DA SEMANA
Medo de dirigir
Vacina contra dengue: entenda como ela funciona e quem pode tomar
Vacina é dada em três doses e ainda precisa ter seu preço definido antes de ser distribuída no Brasil
JÁ AJUDOU 0 PESSOAS
OUTROS DESTAQUES
Medo de dirigir
É possível reverter o diabetes tipo 2 com dieta?
Dietas muito restritivas são extremamente perigosas para diabéticos
JÁ AJUDOU 22 PESSOAS
Medo de dirigir
TPM é classificada em diferentes tipos; conheça sintomas e tratamentos
Ansiedade, depressão e desejo por doces podem ser controlados
JÁ AJUDOU 819 PESSOAS
Medo de dirigir
Quais os riscos, em longo prazo, das medicações para dormir?
Remédios para insônia podem ter vários efeitos colaterais, principalmente quando não utilizadas conforme a recomendação médica
JÁ AJUDOU 626 PESSOAS
Medo de dirigir
Atente para sete sinais da depressão
Confundir a doença com tristeza e personalidade mais fechada atrapalha o tratamento
JÁ AJUDOU 19103 PESSOAS
Medo de dirigir
Abandone 10 hábitos que favorecem a má digestão
Comer rápido, fumar e usar cintos apertados são alguns vilões do estômago
JÁ AJUDOU 6868 PESSOAS
 
TV MINHA VIDA: NOSSAS DICAS EM VÍDEO
Medo de dirigir
Infarto: saiba como acontece um ataque cardíaco
Excesso de gordura nas artérias prejudica coração
JÁ AJUDOU 1129 PESSOAS

Lula e PT estão por trás da saída de Cardozo, diz oposição

Líderes dos partidos de oposição no Congresso afirmaram nesta segunda-feira (29) que o ex-presidente Lula e o PT trabalham para barrar investigações da Polícia Federal e são os responsáveis pela saída do ministro José Eduardo Cardozo (Justiça).
Cardozo, que é do PT mas nunca teve relação próxima com Lula, era alvo de ataques de petistas devido a avaliação de integrantes do partido de que a PF faz investigação seletiva nas apurações que envolvem políticos -persegue Lula e poupa tucanos suspeitos de irregularidades.
"O que o PT e Lula querem é que o ministro da Justiça controle as atividades da Polícia Federal e as investigações que atingem membros do governo e do partido. Sem ter como se explicar, os investigados querem impor uma mordaça aos investigadores. Típico daqueles que são autoritários e querem colocar o Estado a serviço deles", afirmou em nota o líder da bancada do PSDB, Antonio Imbassahy (BA).

O líder do DEM, Pauderney Avelino (AM), afirmou temer que o novo ministro da Justiça, o procurador baiano Wellington César, sufoque as investigações da PF por meio de restrições orçamentárias. "A saída de Cardozo foi uma exigência do ex-presidente Lula, que está sendo investigado por ter usado e ser supostamente o dono de um sítio em Atibaia e de um tríplex no Guarujá."
Do mesmo modo, o senador Ronaldo Caiado (GO), líder do DEM no Senado, afirmou que a pressão do PT sobre Cardozo para que ele interferisse nas investigações da Lava Jato "constrange e envergonha o país". "Essa ação do PT revolta a população e dá mais um incentivo para lotar as manifestações do dia 13 de março", disse em nota.
O Solidariedade, outro dos partido de oposição, foi na mesma linha: "No PT as coisas funcionam assim, aos que não cumprem a ordem do rei, forca", comentou o presidente do partido, o deputado Paulo Pereira da Silva (SP), por meio de sua assessoria.
Na semana passada deputados do PT se encontraram com Cardozo para pedir investigação da Polícia Federal em relação às suspeitas de que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, tenha usado uma empresa privada para enviar recursos no exterior à ex-amante. A PF abriu inquérito.
 

Cardozo, que é do PT mas nunca teve relação próxima com Lula, era alvo de ataques de petistas devido a avaliação de integrantes do partido de que a PF faz investigação seletiva nas apurações

MUDANÇA ADMINISTRATIVA
Em linha oposta o líder do governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), minimizou a saída do ministro da Justiça e considerou seu pedido como uma "mudança administrativa de rotina". Para ele, as investigações da Operação Lava Jato, comandada pela Polícia Federal, deverão continuar sem a interferência direta do próximo ministro.
"Ele já tinha manifestado por três vezes a intenção de sair do Ministério da Justiça até por razões de saúde também. Essa substituição não vai significar de maneira alguma qualquer mudança na ação administrativa do governo em relação ao Ministério da Justiça. [...] Eu não vejo que mude nada. ", disse.
Ex-ministra da Casa Civil no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), também negou a existência de pressão política. "É natural ministros deixarem as pastas. Não é o primeiro ministro a ser trocado e com certeza não será o último. Acho natural. O ministro já estava há bastante tempo e já havia demonstrado interesse em deixar o posto."
Os dois senadores afirmaram que o próximo ministro que assumir o comando da Justiça deverá ter "o mesmo comportamento de Cardozo". "Qualquer um que entrar vai ter a postura e o respeito a autonomia da Polícia Federal", afirmou Gleisi.

Operação no MA prende quadrilha especializada em explosões a bancos

Prisões aconteceram em Santa Inês e Alto Alegre do Maranhão.
Ex-policial militar que fazia parte da quadrilha também foi preso.

Polícia desarticulou quadrilha nos municípios de Santa Inês e Alto Alegre do Maranhão  (Foto: Divulgação/Seic)Polícia desarticulou quadrilha nos municípios de Santa Inês e Alto Alegre do Maranhão (Foto: Divulgação/Seic)
Uma operação entre a Polícia Civil por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) em conjunto com a Polícia Militar desarticulou nesta segunda-feira (29) nos municípios de Santa Inês e Alto Alegre do Maranhão um grupo especializado em explosões a caixas eletrônicos.
De acordo com a polícia foi preso Wandeson Silva Araújo já possui antecedentes criminais por roubo ao Banco postal da cidade Bela Vista, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito em Santa Inês, bem como dois de prisão em aberto nas comarcas de Cantanhede e Santa Inês.
Também foram presos Wallyson Sousa Santos e Renato Menezes da Silva, ambos já possuem antecedentes criminais pelos os crimes de receptação e porte ilegal de arma de fogo respectivamente.
Durante a operação, a polícia ainda prendeu o ex-policial militar Adailton Jose do Nascimento Sousa. Conforme os policiais, ele foi expulso em 2001 por envolvimento em roubo a carga na região de Santa Inês. Adailton possui mandado de prisão em aberto pela comarca de Cantanhede por assalto a banco.
A quadrilha está sendo investigada pelas as explosões ocorridas este ano nas cidades deTufilândia, Lago Verde e Alto Alegre.
Do G1MA

ALGO TEM QUE SER FEITO

Hoje pela manhã passando pela Rua Duque de Caxias no centro de Parnaíba, vi algo que me chamou atenção, sabemos que há muita água desperdiçada em Parnaíba, me deparei com este absurdo, água escorrendo das Lojas Insinuante limpinha, é faltando para alguns e sobrando para outros, não podemos dizer se é água da Agespisa, pois não detectamos o problema, mais jorra na rua, e formou juntamente com água da chuva uma lagoa, no cruzamento das Ruas Duque de Caxias com Rua do Rosário.

Antes de passar o asfalto na Rua Duque de Caxias, existia uma parte baixa(vala) que escorria as águas, ao asfaltarem esqueceram de deixar a parte que escorria as águas, agora não tem para onde as águas escorrerem.

A coisa ficou feia, pois a cada chuva vira uma nova Praça da Lagoinha, pedimos as autoridades que olhem para este caso, pois a reclamação é total.

Fotos e filmagens Fumanchú

Babá é presa na Rússia ao carregar a cabeça de criança pelas ruas.

A mulher segura a cabeça de uma criança pelas ruas de Moscou
A mulher segura a cabeça de uma criança pelas ruas de Moscou Foto: Reprodução do Instagram/ oleg_smotra
Extra

Uma mulher causou terror nesta manhã em Moscou, a capital da Rússia. Ela apareceu perto da estação de metro de Oktyabrskoye Pole, de burca e carregando a cabeça de uma criança, ameaçando se explodir e gritando ser uma terrorista. Segundo a imprensa russa, a mulher apareceu horas depois que policiais encontraram um corpo de uma criança sem cabeça ao serem chamados para controlar um incêndio num prédio.

De acordo com relatos iniciais, a mulher seria Gyulychera Bobohulova, de 38 anos, do Uzbequistão, uma babá que por razões ainda desconhecidas teria assassinado uma menina de quatro anos de idade. Segundo a rádio “Govorit Moskva”, ela foi levada pela polícia para uma avaliação psiquiátrica.

O canal de TV “RT” informou que a vítima era uma menina identificada como Nastya M. Após o assassinato, a mulher foi para uma estação de metrô, onde foi parada por um policial local. Ela pegou a cabeça da criança de sua bolsa e começou a gritar que ela a tinha matado. “O fim do mundo está chegando em um segundo ... Eu sou sua morte. Eu odeio democracia. Eu sou uma terrorista. Eu sou um homem-bomba", a mulher é gritava. Não foram encontrados explosivos com ela.
A mãe da menina ficou desesperada ao saber da morte da filha e precisou ser levada para o hospital, segundo informações do canal de TV russo "Zvezda".
A mãe da menina decapitada é amparada
A mãe da menina decapitada é amparada Foto: Reprodução de TV

Polícia Civil tenta localizar família de jovem encontrada em cidade de MG Jovem apareceu em São João del Rei no dia 10 de fevereiro. "É uma incógnita", diz delegada sobre as pistas desconexas até o momento.

Do G1 Zona da Mata


 A Delegacia de Mulheres de São João del Rei, no Campo das Vertentes, está investigando o aparecimento de uma jovem sem documentos de identificação na cidade mineira. A jovem que diz se chamar Marcele Ramos Souza e ter 18 anos foi encontrada por um casal andando pelas ruas na Quarta-Feira de Cinzas (10).
"Ela nos relatou que veio de uma zona rural, de onde partiu para São Paulo, onde foi abordada e acolhida por uma mulher. Na cidade, ela saiu para conhecer alguns pontos da cidade, sendo oferecido para ela um copo de água, onde ela não se lembra de mais nada", relatou o agente social Claudinei Soares (veja o vídeo).
É uma incógnita. Ela disse que tomou uma água e acordou em um ponto de ônibus de São João del Rei. Estava sem documentos, só com a roupa do corpo e afirma que não se lembra do endereço, de onde veio e nem da família."
Alessandra Azalim, delegada
O casal levou a jovem até a Polícia Militar (PM), que chamou as assistentes sociais e a encaminhou para a investigação da Polícia Civil.
"É uma incógnita. Ela disse que tomou uma água e acordou em um ponto de ônibus de São João del Rei. Estava sem documentos, só com a roupa do corpo e afirma que não se lembra do endereço, de onde veio e nem da família. Ela contou que se chama Marcele, que tem 18 anos, mas não tem nenhum tipo de registro de identificação que comprove", contou a delegada Alessandra Azalim, responsável pelo caso.
Por causa das pistas desconexas, a Polícia Civil optou por tornar a situação pública. "Solicitamos autorização à Justiça e à Promotoria para divulgar o caso e a imagem dela, na esperança de que seja reconhecida e possamos entender o que aconteceu", afirmou a delegada.
A jovem está em uma casa-lar em São João del Rei, acompanhada pela assistência social. Quem tiver alguma informação que ajude na investigação, pode ligar para a Delegacia de Polícia Civil em São João del Rei no número (32) 3371-2099 ou para o Disque-Denúncia Unificado, no 181.
Em busca de pistas
Não foram encontrados registros da jovem em Minas Gerais, após o exame das digitais. Até agora, nestas semanas de investigação, inclusive com apoio da Delegacia Especializada de Localização de Pessoas Desaparecidas, em Belo Horizonte, todas as informações que ela passou em conversas com a polícia ou com as assistentes sociais foram checadas e não levaram à nenhum dado consistente.
"Ela citou o nome de uma escola onde teria estudado. Nós encontramos uma instituição com o nome no interior do estado de São Paulo, entramos em contato, mas não há nenhum registro com o nome dela. A Delegacia em BH está tentando contato com a outra escola homônima que foi localizada no Nordeste. Outra informação é de que a cidade de onde ela veio tem Alagoas no nome ou seria o Estado. Estamos pesquisando e checando também estas possibilidades", disse Alessandra Azalim.
Jovem encontrada sem documentos em São João del Rei (Foto: Reprodução/ TV Integração)Pistas desconexas dificultam localização da origem e da família de jovem encontrada em São João del Rei (Foto: Reprodução/ TV Integração)
"Nas apurações, encontramos o registro de uma jovem em Manaus (AM) com o mesmo nome que ela nos passou, cuja filiação consta apenas o nome da mãe. Estamos apurando", comentou a delegada.
No entanto, outras informações levam a procura para a região oposta do país, como explicou Alessandra Azalim. "Nas conversas, ela disse que se lembra de tomar café de uma marca específica. Pesquisamos e localizamos a fábrica em Londrina (PR), mas o produto pode ser vendido para outros estados do país. Além disso, ela tem sotaque com o 'r' puxado, que nos remete ao interior de São Paulo e ao Sul", disse.
Segundo Alessandra Azalim, diante de tanto mistério, várias hipóteses são possíveis. "Ela pode ter perdido a memória, pode ter fugido de casa, pode ter sofrido algum tipo de violência. Só vamos conseguir entender quando conseguirmos saber quem ela é e de onde veio", afirmou.