FumanchúWebRádio

fan page

quinta-feira, 31 de março de 2016

POLÍTICA 2016

Participei de uma reunião do PP - Partido Progressista, neste reunião tinha como motivo principal, o agradecimento a todos os filiados, e apresentação de novos filiados, e pre-candidatos, o advogado Bernardo Lima, e a jornalista Alana Caldas.

A presidenta do Diretório Municipal do Partido Progressista em Parnaíba, Selma Carvalho agradeceu a presença de todos, disse que estava muito feliz com a seriedade dos filiados, e pediu a todos o comprometimento total nesta próxima eleição.

Nota-se o comprometimento dos pre-candidatos e filiados, tornando o grupo uma grande família.

No grupo não é aceito candidatos que tiveram mais de 700 votos, além dos dois novos filiados que foram apresentados na reunião, o vereador Beto prometeu apresentar nesta sexta-feira uma surpresa no grupo.

Pelo potencial dos pré candidatos este grupo elege, três vereadores com sobra, mais foi alertado, que todos tem que se esforçarem o máximo para terem os seus sonhos realizados.

Fotos Fumanchú

Polícia encontra armas e 90 mil reais em carro no interior do PI No carro, também foram apreendidos vários carnês de “compra premiada” de motocicletas

Fonte: Cidades na Net

Um homem portanto armas e 90 mil reais em dinheiro foi preso pela polícia militar na cidade de Fronteiras, 410 km de Teresina. Equipes realizavam blitz nas entradas da cidade quando, na madrugada desta quinta-feira (31/03) abordaram um veículo modelo Fiat Strada, de cor branca de placa PML 1776.
Foto: Cidades na Net
Foto: Cidades na Net
O veículo era conduzido por Cícero Ronaldo Sampaio, 41, que demonstrou nervosismo. A polícia realizou uma busca no interior do e localizou diversas armas – um revólver calibre 38 e duas espingardas de calibre 12 e 36 – além de munições de diversos calibres diversos.
Em uma sacola que estava bem escondida no interior do veículo, os policiais encontraram uma grande quantia em dinheiro. Ao todo, foram contabilizados mais de 90 mil reais. Segundo informações da Polícia Militar, Cicero Ronaldo não deu explicações justificáveis da procedência do dinheiro.
O motorista foi detido e o veículo, armas, munições e o dinheiro foram apreendidos e levados a delegacia Regional de Fronteiras.
Em depoimento na Delegacia de Polícia Civil, o suspeito contou seguia de Nova Olinda-CE com destino ao Maranhão.
No carro, também foram apreendidos vários carnês de “compra premiada” de motocicletas. A suspeita é que ele estivesse praticando a antiga fraude conhecida como pirâmide financeira. Em um caderno, também encontrado dentro do veículo do suspeito, há indícios de que mais de 100 pessoas no Ceará teriam caído no golpe.
Cícero Ronaldo será autuado por porte ilegal de armas e uma cópia do inquérito será enviada ao Ministério Público de Nova Olinda, para que seja apurado a possível prática de crime contra a economia popular.
O tenente Gilson Medeiros, comandante da 4ª Cia da PM, orienta que as possíveis vítimas procurem a delegacia para registrar Boletim de Ocorrência.  “Já entramos em contato com algumas pessoas de outras cidades e a orientação é que quem tem o carnê procure a delegacia para registrar Boletim de Ocorrência, para, em seguida, entrarem com representação judicial para receberem seus valores”, acrescenta o comandante.

97 funcionários serão desligados da TV Antares e emissora operará no vermelho Presidente da Fundação diz que a empresa trabalhará com a capacidade mínima possível devido aos cortes, pois uma parte dos servidores são efetivos e outra parte é terceirizada

Repórter: Wandersson Botta Publicado por: Wandersson Botta

Pelo menos 97 profissionais do Sistema Antares de Comunicação não terão seus contratos renovados no Piauí. Segundo apurou a reportagem do O Olho, a TV Antares deve operar no vermelho e a reunião na tarde desta quinta-feira (31/03) definirá quem ficará temporariamente para não comprometer a programação.
A partir de amanhã vários profissionais estarão desempregados (Foto: João Pio)
A partir de amanhã vários profissionais estarão desempregados no Piauí (Foto: João Pio)
A Antares de Teresina, TV Picos, TV Delta de Parnaíba e a rádio Antares AM estão com um quadro de 128 funcionários com contratos temporários e 97 profissionais entre repórteres, produtores, sonoplastas, cinegrafistas e editores que encerram seus contratos nesta sexta-feira (01/04).
O motivo das prováveis demissões deve-se a uma lei estadual que decretava contrato de permanência de cinco anos e, após o período, o contrato deveria ser renovado. A situação, no entanto, caminha para outros desdobramentos.
Segundo o presidente da Fundação, Humberto Coelho, “os contratos não podem ser renovados devido a uma lei que permite somente uma única renovação de contratos”.
MUDANÇAS NO TRABALHO
O presidente da Fundação diz que a empresa trabalhará com a capacidade mínima possível devido aos cortes, pois uma parte dos servidores são efetivos e outra parte é terceirizada. Antares e Governo estão conversando para tentar resolver o problema o mais rápido possível, informou Humberto Coelho. Segundo ele,a resolução acontecerá ainda no mês de abril.
De acordo com Ernaldo Vale, diretor financeiro da TV Antares, a programação não será alterada. “Uma reunião que acontecerá na tarde sexta-feira (31) entre o presidente da Fundação Antares [Humberto Coelho] definirá quem serão os profissionais que permanecerão para as emissoras continuarem operando sem comprometerem a programação”, disse ao O Olho.
SOLUÇÕES
Ele também afirma que são três as possibilidades para a contratação de novos funcionários neste momento: “A primeira seria abertura de concurso público para resolução em definitivo; a segunda seria mandar todo mundo embora e fazer um teste seletivo para prospectar novos profissionais e a terceira – e até agora mais viável – seria a contração de uma organização social qualificada pelo poder público estadual como forma de terceirização dos trabalhadores”.
Se a opção da organização social for a escolhida, os trabalhadores terão todos os seus direitos e garantias preservados, com o piso salarial.




Menino abandonado por 'bruxaria' se recupera completamente na Nigéria Hope, de dois anos, foi resgatado desnutrido e vagando sozinho pelas ruas. Dinamarquesa criou fundação e abriga 34 crianças vítimas de superstição.

Do G1, em São Paulo
Montagem mostra Hope ao ser resgatado das ruas por Anja Ringgren Lovén e oito semandas depois, na African Children’s Aid Education and Development Foundation (Foto: Reprodução/Facebook/Anja Ringgren Lovén)Montagem mostra Hope ao ser resgatado das ruas por Anja Ringgren Lovén e oito semandas depois, na African Children’s Aid Education and Development Foundation (Foto: Reprodução/Facebook/Anja Ringgren Lovén)
Oito semanas após ser resgatado das ruas, o pequeno Hope já parece completamente recuperado da desnutrição e adaptado à vida ao lado de outras crianças. Acusado de bruxaria, o menino foi abandonado e vagou durante oito meses em uma vila na Nigéria, até ser acolhido por uma voluntária.

A imagem da dinamarquesa Anja Ringgren Lovén dando água e biscoitos ao menino de dois anos, nu e extremamente magro, impressionou pessoas em todo o mundo e ajudou a arrecadar mais de US$ 1 milhão, segundo o jornal britânico “Independent”.
Hope é visto ao lado de outras crianças na African Children’s Aid Education and Development Foundation, oito semanas após ser resgatado das ruas (Foto: Reprodução/Facebook/Anja Ringgren Lovén)Hope é visto ao lado de outras crianças na African Children’s Aid Education and Development Foundation, oito semanas após ser resgatado das ruas (Foto: Reprodução/Facebook/Anja Ringgren Lovén)
Ao lado do marido, David, Lovén mantém há três anos a African Children’s Aid Education and Development Foundation, uma instituição que abriga 34 crianças, todas abandonadas após serem acusadas de bruxaria.

Em uma entrevista ao Huffington Post, Lovén contou que em sua primeira visita à Nigéria conheceu uma criança que havia sido espancada quase até a morte por causa da superstição. Sem conseguir esquecer o caso, ela vendeu tudo o que tinha na Dinamarca e se mudou para o país africano, onde criou a fundação.
Hope é visto ao lado de outras crianças na African Children’s Aid Education and Development Foundation, oito semanas após ser resgatado das ruas (Foto: Reprodução/Facebook/Anja Ringgren Lovén)Hope é visto ao lado de outras crianças na African Children’s Aid Education and Development Foundation, oito semanas após ser resgatado das ruas (Foto: Reprodução/Facebook/Anja Ringgren Lovén)
Ela diz que há dois meses recebeu um telefonema com o aviso de que um menino com idade entre dois e três anos estava sozinho nas ruas e sobrevivendo com restos de comida que algumas pessoas davam a ele. Foi então que ela encontrou Hope.

O menino passou por uma transfusão de sangue e um tratamento para eliminar vermes e atualmente está bem de saúde, diz Lovén. Nos próximos dias ele será submetido a uma cirurgia para corrigir um defeito congênito na uretra, mas ela afirma que o procedimento é simples e não oferece riscos.
Anja Ringgren Lovén oferece água e biscoitos a Hope ao resgatar o menino das ruas, na Nigéria (Foto: Reprodução/Facebook/Anja Ringgren Lovén )Anja Ringgren Lovén oferece água e biscoitos a Hope ao resgatar o menino das ruas, na Nigéria (Foto: Reprodução/Facebook/Anja Ringgren Lovén )

Mãe de ganhador da Mega-Sena pulou muro para fugir de cativeiro, diz polícia Idosa de 66 anos fugiu de chácara para escapar de sequestro nesta quinta. Criminosos armados invadiram a casa da vítima em Santa Bárbara d'Oeste.

Do G1 Piracicaba e Região
A mãe de um ganhador da Mega-Sena em 2014 precisou fugir do cativeiro onde ficou sequestrada por cerca de seis horas nesta quinta-feira (31), em Limeira (SP). De acordo com a Polícia Civil, a idosa de 66 anos pulou o muro e foi localizada pelos policiais quando pedia ajuda para um casal morador de uma chácara próxima a que ela estava. Durante a manhã, criminosos fortemente armados com metralhadoras invadiram a casa da mulher, no bairro Residencial Furlan, em Santa Bárbara d'Oeste (SP), e a levaram.

O delegado Luís Gazarini afirmou que parentes que estavam na casa da vítima ligaram para a Polícia Militar. No entanto, a Polícia Civil chegou até o local através de denúncia anônima. O carro da vítima, um modelo Honda CRV, também foi levado pelo grupo. Até a publicação nenhum suspeito foi localizado. 

"Os criminosos nem chegaram a pedir resgate. O único contato que eles fizeram com a família foi para descobrir o telefone do filho dela. Agora vamos investigar para tentar descobrir quem alugou a chácara e quem são os mandantes do crime", afirmou o delegado. A polícia também não descarta uma suposta participação da família.

Em fevereiro de 2014, uma aposta da Mega-Sena feita em uma lotérica na área central da cidade rendeu sozinha o prêmio de R$ 111,5 milhões. Na época, a notícia de que o valor tinha sido sorteado para Santa Bárbara d'Oeste, deixou moradores do município de cerca de 190 mil habitantes curiosos sobre a identidade do ganhador.
De acordo com informações da Delegacia Seccional de Americana (SP), que participou das buscas, a vítima foi encontrada em uma chácara na zona rural de Limeira. Pouco antes, o carro dela havia sido achado em um canavial de Santa Bárbara d'Oeste. A vítima estava sozinha e não havia ninguém no cativeiro.

Após ser libertada, a mulher foi levada para uma unidade de saúde de Santa Bárbara d'Oeste, onde recebeu atendimento médico. A família não quis gravar entrevista.
  •  
  •  
Policiais na casa onde mãe de ganhador da Mega-Sena foi encontrada (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Policiais na casa onde mãe de ganhador da Mega-Sena foi encontrada (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Supremo confirma decisão que tirou de Moro investigações sobre Lula Corte ainda vai analisar o que poderá voltar para a primeira instância. Relator disse que uma das gravações com Dilma pode ser invalidada.

Renan RamalhoDo G1, em Brasília









O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou nesta quinta-feira (31) a decisão da semana passada do ministro Teori Zavascki – relator dos processos da Lava Jato na Corte – de retirar do juiz federal Sérgio Moro as investigações sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
O magistrado também havia determinado o sigilo sobre gravações do ex-presidente com diversas autoridades, incluindo a presidente Dilma Rousseff.
Com a decisão, os autos irão ficar sob a responsabilidade do STF, que depois vai analisar, no mérito do caso, o que deve permanecer sob investigação da Corte e o que deverá ser remetido de volta para a primeira instância, por envolvimento de pessoas sem prerrogativa de foro.
As apurações tratam, por exemplo, da suspeita de que construtoras envolvidas em corrupção na Petrobras prestaram favores ao ex-presidente na reforma de um sítio em Atibaia (SP) e de um tríplex em Guarujá (SP).
Votaram favoravelmente à decisão liminar (provisória) de Teori Zavascki os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Dias Toffoli, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski.
Somente os ministros Luiz Fux e e Marco Aurélio Mello votaram a favor de separar, de imediato, as investigações, para trazer ao STF somente elementos relacionados a autoridades com o chamado foro privilegiado.

Tanto a decisão liminar de Teori Zavascki, quanto o julgamento desta quinta, não interferem na liminar concedida no dia 18 pelo ministro Gilmar Mendes que suspendeu a nomeação de Lula  para a chefia da Casa Civil.
Formalmente, portanto, Lula continua sem o chamado foro privilegiado. As investigações subiram ao STF por causa do envolvimento de outras autoridades que só podem ser investigadas pela Corte.

Ao reafirmar seu decisão liminar na sessão desta quinta, Teori argumentou que a decisão de Moro de divulgar as conversas interceptadas de Lula “feriu a competência” do STF.

“O magistrado, ao constatar a presença de autoridades com prerrogativa de foro, deveria encaminhar conversas interceptadas para o Supremo Tribunal Federal. A decisão de divulgar as conversas da presidente, ainda que encontradas fortuitamente, não poderiam ter sigilo retirado por juiz de primeira instância”, afirmou.
'Usurpação de competência'
Mais cedo na sessão, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, alegou que a decisão do juiz federal do Paraná foi uma “usurpação” de competência do STF. Cardozo também invocou o direito à privacidade ao contestar a divulgação das conversas.
“No caso específico da senhora presidenta da República, houve, sim, violação às regras de segurança nacional. Não porque o conteúdo da fala afete a segurança nacional. Mas porque o sigilo telefônico da chefia do Executivo, da chefe de governo e da chefe de Estado, é questão de segurança nacional”, ressaltou o chefe da AGU.
Um dos únicos ministros a divergir de Teori Zavascki quanto à remessa das investigações para a Suprema Corte, Fux disse que discordava do “sobrestamento de tudo”, em referência à determinação de suspender todo o caso de Lula.
“Entendo que não se deve sobrestar as ações em relação a imputados que não têm prerrogativa de foro, porque as ações não são conexas, os fatos são complemente diferentes e não gerarão um processo simultâneo”, observou o ministro.
Validade das interceptações
No momento em que leu seu relatório, Teori Zavascki indicou que uma das gravações entre Lula e Dilma, captada no último dia 16, pode ser invalidada como prova. A conversa foi interceptada após decreto de Moro que encerrou as investigações e a própria escuta.

“Uma das mais importantes conversas tornadas públicas foi gravada depois de ter sido suspensa a ordem de interceptação. De modo que será muito difícil convalidar a validade dessa prova. Mas isso de qualquer modo não está aqui em questão”, afirmou.
A validade da gravação como prova num eventual processo contra Lula ou Dilma será analisada posteriormente, no curso de um inquérito, por exemplo.

Ao analisar a gravação, para suspender Lula da Casa Civil, o ministro Gilmar Mendes, por exemplo, viu indícios de desvio de finalidade por parte de Dilma. À mesma conclusão chegou o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em parecer enviado ao STF. A suspeita é que a nomeação ocorreu para suspender e atrasar as investigações sobre Lula.

SÉRIE LINDAS MULHERES PARNAIBANAS.

Esta é Sheyla Araújo, alem de sua beleza, Sheyla é atenciosa, meiga, continue assim, além do mais, tem um lindo sorriso.

Foto Fumanchú

TENTATIVA DE ‘FUGA DO LULA’ ANUNCIADA PELO PENSA BRASIL VAI SER INVESTIGADO, CHANCELER SERÁ OUVIDO SOBRE PLANO O Pensa Brasil anunciou em primeira mão - Conforme revelado , ex-presidente pretendia pedir asilo à Itália para

Pensa Brasil avisou em ‘PRIMEIRA MÃO’ e foi dito como “Boatos”, agora o fato parece se concretizar e será investigado. LULA ia fugir do Brasil… A Comissão de Relações Exteriores do Senado vai pedir explicações ao chanceler Mauro Vieira sobre o plano secreto de fuga do ex-presidente Lula,  detalha o plano sigiloso do petista para pedir asilo à Itália como suposto perseguido político e, na prática, para escapar de uma provável punição a ser imposta a ele na Operação Lava Jato. O ministro de Relações Exteriores vai prestar esclarecimentos aos senadores às 10 horas do dia 14 de abril.
Nesta quinta-feira, a senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) apresentou requerimento para que o ministro Mauro Vieira prestasse informações sobre o plano de fuga de Lula. Para a senadora, como o Brasil tem estruturas democráticas sólidas, não se justificaria dar guarida ao ex-presidente.
Lula é investigado na Operação Lava Jato por ter recebido favores de empreiteiras que atuaram no petrolão e escondido patrimônio recebido dessas construtoras. Segundo reportagem de VEJA, para se livrar de ter de expiar a culpa atrás das grades, o petista pretendia pedir asilo a uma embaixada, de preferência a da Itália, e se apresentar como um perseguido político. Em troca da anistia, VEJA revelou que Lula aceitaria ficar dez anos fora do Brasil.
Também no dia 14 de abril, o ministro Mauro Vieira terá de dar explicações à Comissão de Relações Exteriores sobre circulares telegráficas do Itamaraty alertando embaixadas brasileiras sobre o risco de um “golpe” contra a presidente Dilma Rousseff. O autor dos telegramas, conforme informou o jornal O Globo, é o ministro Milton Rondó Filho, que chefia uma seção de combate à fome no Ministério. Depois do episódio, Rondó foi advertido e perdeu o direito de emitir quaisquer comunicações para as representações brasileiras no exterior.
(VIA AGÊNCIA)