FumanchúWebRádio

fan page

terça-feira, 28 de março de 2017

Conselho Tutelar entrega menina raptada à família em Brasília

O Conselho Tutelar de Oeiras devolveu à família, a garota de 11 anos, raptada de Ipameri-Goiás na última quarta-feira(22). Uma conselheira foi com a criança, nesta segunda-feira(27), até o aeroporto de Brasília-DF onde a entregou para mãe, que estava acompanhada de conselheiras tutelares da cidade natal. 
Ao contrário do que ocorreu no fim de semana, quando a garota teria demonstrado que não queria retornar para casa, nesta segunda ela havia mudado de opinião. “Nós saímos de Teresina às 6h10 da manhã e no avião ela estava apreensiva, nervosa, mas disse que estava ansiosa para voltar. Ontem, ela já queria voltar para casa”, informou a conselheira, que pediu para não ser identificada. 
A garota, de iniciais R. F. B., foi encontrada na noite da última sexta-feira(24), na casa do irmão do auxiliar de serviços gerais, Regivaldo Quirino de Araújo, 38 anos, em Oeiras, dois dias depois que os eles haviam deixado Ipameri, no sul de Goiás. A menina havia saído para a escola e não retornou mais para casa. 
As investigações policiais apontam que Regivaldo aliciava a menor desde dezembro do ano passado e a ludibriava com falsas promessas. O suspeito chegou dar uma aliança de “compromisso” para a criança, prometendo casar com ela. Ele foi autuado por estupro de vulnerável. 
Um laudo de conjunção carnal foi feito na garota pelo Serviço de Atenção à Mulher Vítima de Violência Sexual (Samvvis) e deve ser encaminhado à polícia nos próximos 30 dias.

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com
Postar um comentário