FumanchúWebRádio

fan page

terça-feira, 28 de março de 2017

Delegado da Polícia Federal é condenado a 22 anos de cadeia

Delegado da Polícia Federal é condenado a 22 anos de cadeia
"Rafael Ângelo Slomp, juiz da 11ª Vara Federal em Goiás, condenou o delegado da Polícia Federal Fernando Antônio Hereda Byron Filho, acusado de atuar como informante do contraventor Carlinhos Cachoeira (foto) e seu grupo criminoso que atuava em Goiás, a 22 anos e nove meses de prisão, mais sete meses de detenção, pelos crimes de formação quadrilha, corrupção passiva, advocacia administrativa e violação de sigilo funcional.
As investigações da Procuradoria da República em Goiás, em ao menos seis episódios diferentes, entre março de 2011 a fevereiro de 2012, aponta que o delegado teria revelado informações sigilosas à organização criminosa, em troca de propina de R$ 165 mil. Na denúncia, o MPF aponta ainda que o delegado teria passado a atuar em operações específicas contra jogos de azar para “atender aos interesses da organização criminosa."
A defesa do delegado informou que ainda não foram avisados da sentença.
PapoTV 
Postar um comentário