FumanchúWebRádio

fan page

quarta-feira, 29 de março de 2017

Peru bate o Uruguai e classifica o Brasil para a Copa do Mundo

A Seleção Brasileira está garantida na Copa do Mundo da Rússia, em 2018. A confirmação da vaga antecipada não veio depois da vitória sobre o Paraguai, em Itaquera, mas se deu após o apito final no estádio Nacional, em Lima, onde o Peru bateu o Uruguai de virada por 2 a 1. 
A combinação de resultados, que inclue a derrota do Equador para a Colômbia também nesta terça-feira, faz com que o Brasil seja, no mínimo, quarto colocado ao fim da competição, apesar de existirem ainda quatro rodadas para o encerramento das Eliminatórias Sul-Americanas. Atualmente o time de Tite é o líder, com 33 pontos.
Para o Peru o resultado também foi crucial para manter viva as esperanças da equipe em ir ao Mundial. Com os três pontos, os peruanos chegaram a 18 pontos somados e ocupam a sétima colocação, a quatro da Argentina, quinta colocada nesse momento, posição que dá o direito ao duelo na repescagem contra o campeão da Oceania por uma vaga na Copa. 
Já o Uruguai amargou o segundo revés seguida, já que havia perdido em casa para o Brasil na semana passada. Estacionados nos 23 pontos, os uruguaios foram ultrapassados pela Colômbia e caíram para o terceiro lugar.
Com o retorno de Luis Suárez, o otimismo da equipe de Oscar Tabarez para se recuperar nas Eliminatórias era grande. Principalmente porque logo aos 29 minutos do primeiro tempo, Carlos Sánchez abriu o placar depois de boa jogada do atacante do Barcelona, que parecia ter fome de bola nesta terça e se doava ao máximo em cada lance.
O problema é que o Peru precisava da vitória de qualquer jeito. Embalado pelo apoio de seus torcedores, os peruanos passaram a travar um jogo de muita disposição e contato físico e, assim, quase que na marra, empatou o duelo com Paolo Guerrero ainda antes do intervalo.
Na etapa final o panorama não mudou. O jogo era lá e cá. Os dois times buscavam o gol incessantemente e davam espaços em suas retaguardas. Mas quem conseguiu ser efetivo foi o Peru. Flores não desperdiçou bate e rebate dentro da área e virou o confronto, levando o estádio Nacional à loucura.
Dai para frente a partida se transformou em uma batalha. O árbitro chileno Julio Bascuñán era muito pressionado a cada lance, bem ao estilo de um duelo sul-americano.
E o juiz se transformou em personagem aos 31, quando expulsou Urretaviscaya por ter tocado com o braço na bola em lance que o jogador do Uruguai corria em direção ao gol, sem marcação. A decisão revoltou o Uruguai, que não teve escolha a não ser continuar pressionando.
O Peru ganhou ainda mais espaço e por pouco não chegou ao terceiro gol. A falta de capricho quase custou caro. Aos 47, Godín cabeceou uma bola no travessão.
Ao quicar no chão, ela não ultrapassou a linha, apesar da pressão dos visitantes. E, no fim, o placar não foi mais alterado. Uma vitória que manteve o Peru na briga e colocou o Brasil na Copa.
Confira todos os resultados desta 14ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.
Brasil 3 x 0 Paraguai
Bolívia 2 x 0 Argentina
Equador 0 x 2 Colômbia
Chile 3 x 1 Venezuela
Peru 2 x 1 Uruguai
Fonte: Gazeta Press
Postar um comentário