FumanchúWebRádio

fan page

quarta-feira, 29 de março de 2017

Suspeito de matar empresário confessou seis homicídios, diz delegado


O suspeito de assassinar o empresário Leandro César de Sousa Gonçalves, em fevereiro deste ano, teria confessado a participação em mais seis homicídios. As informações foram repassadas pelo coordenador da Delegacia de Homicídios, Francisco Costa, o Baretta. Para o delegado, chama a atenção a frieza e naturalidade com que Sanatiel Abreu Rocha, 23 anos, vulgo Polegar, confessou os crimes, inclusive, com detalhes sobre cada uma de suas vítimas. 
"Ele age por maldade...parece que tem pavor da vida humana. Quer matar! Ele confessou que matou seis pessoas e não só diz que matou, mas também as circustâncias. Diz como matou um por um e que eram seus desafetos. Ele é o senhor da morte", conta o delegado. 
Polegar foi preso ontem (28) no povoado Campestre, zona Rural do município de União, a 59 km de Teresina. O delegado conta que o suspeito apresentou contradições no depoimento, mas que o caso já está elucidado. 
"Ele mentiu ao dizer que era o piloto da moto e que atirou porque o empresário reagiu e ainda atropelou ele. Contudo, confrontamos a versão dele com a dos outros suspeitos e também com o resultado da perícia. O crime está elucidado", disse Baretta. 
O coordenador da Delegacia de Homicídios disse ainda que a quadrilha planejava roubar o dinheiro do empresário. Os suspeitos acreditavam que a vítima transportava R$ 70 mil, mas a quantia real era de R$ 21 mil, valor totalmente recuperado pela polícia. 
O inquérito da morte do empresário já foi concluído e a Polícia Civil realiza diligências para capturar Yasmin Abreu Rocha, 20 anos, irmã de Sanatiel, e a única foragida. 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Postar um comentário