FumanchúWebRádio

fan page

quinta-feira, 30 de março de 2017

ÚLTIMAS DO ANTAGONISTA


 

30 de Março de 2017



O relatório da marmelada


Herman Benjamin quer participar da marmelada no TSE.
Em seu relatório final, de acordo com a Folha de S. Paulo, ele defende a cassação da chapa, mas poupa Michel Temer e Dilma Rousseff da inelegibilidade... [ leia mais 


A popularidade de Temer no TSE


A marmelada no TSE vai impedir que Michel Temer possa ser cassado.
De qualquer maneira, ele tem a seu favor o parecer de Nicolao Dino, candidato à vaga de Rodrigo Janot no ano que vem... [ leia mais 



Vote Janete


Dilma Rousseff poderá se candidatar a deputada federal em 2018 e ganhar o foro privilegiado... [ leia mais 


A popularidade de Lula contra a popularidade de Moro


Só Lula se deu bem nas últimas semanas.
De acordo com o Estadão, “ele está longe da unanimidade que sonhou ser, mas ganhou sete pontos positivos desde fevereiro”... [ leia mais 


Temer é indireto


Michel Temer nunca soube aproveitar o asco dos brasileiros por Lula e Dilma Rousseff.
Lauro Jardim informa que o programa do PMDB, que vai ao ar hoje à noite, “faz críticas indiretas ao PT e a Dilma Rousseff”... [ leia mais 


Os 62% de Temer


Uma pesquisa da Ipsos, publicada pelo Estadão, mostra que o governo Temer é reprovado por 62% dos brasileiros... [ leia mais 

O quarteto fantástico


Só Renan Calheiros e Eduardo Cunha conseguem ser mais impopulares do que Michel Temer...[ leia mais 


Momento Antagonista: Batalhas vencidas, batalhas perdidas



 



Onde cortar?


Os incentivos fiscais concedidos por Lula e Dilma Rousseff só produziram um resultado: o aumento exponencial da propina destinada à ORCRIM...
[ leia mais ]


O rombo de Janete


Em quatro anos, o programa de Dilma Rousseff de descontos fiscais na folha de pagamentos provocou numa perda de 68 bilhões de reais...[ leia mais 


"Veio do passado"


Em vez de aumentar impostos, Henrique Meirelles enterrou um dos maiores fracassos de Dilma Rousseff...[ leia mais 


"O governo tem a obrigação de trabalhar com números reais"


Paulo Bauer, líder do PSDB no Senado, comentou os cortes anunciados pela equipe econômica:
"O governo tem a obrigação de trabalhar com números reais. No passado...
[ leia mais 
Postar um comentário