FumanchúWebRádio

fan page

terça-feira, 9 de maio de 2017

Cármem Lúcia é pressionada após pedido de impeachment de Gilmar Clima no STF está tenso desde a semana passada, quando a Segunda Turma da Corte decidiu soltar presos provisórios da Lava Jato

O pedido de impeachment do ministro Gilmar Mendes para julgar o caso do empresário Eike Batista, feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, elevou o clima de tensão no Supremo Tribunal Federal (STF).
De acordo com informações da coluna Painel, do site do jornal Folha de S. Paulo, a presidente do STF, Cármen Lúcia, está sob pressão após o pedido. Ela pode decidir se afasta ou não Gilmar sozinha ou se leva a questão ao plenário.
Janot sustenta o pedido de impedimento sob a alegação de que a mulher do ministro, a advogada Guiomar Mendes, teria atuado pelo grupo empresarial de Eike.
Os humores no Supremo já estariam exaltados desde a semana passada, quando quando a Segunda Turma da Corte decidiu soltar presos provisórios da Lava Jato, como o ex-ministro José Dirceu.
Postar um comentário