FumanchúWebRádio

fan page

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Perito da PF morre após ingerir substância em festa

O perito da Polícia Federal Stefenson Marcus Pinto Scafutto, 41 anos, morreu na manhã deste domingo (28/5) após sofrer paradas cardíacas durante uma festa no Lago Paranoá. Segundo informações de pessoas que estavam no evento Brasília Yacht Day, ocorrido no sábado (27), alguém teria oferecido um inalante à base de éter e solventes, mais conhecido como loló, ao perito dizendo que era energético.
Após ingerir a substância, o policial passou mal na lancha e teve uma parada cardíaca. Stefenson foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu. Morreu neste domingo no Hospital Regional da Asa Norte (Hran).
Segundo os bombeiros, testemunhas relataram no local que a vítima bebeu algo químico, mas não especificaram o que era. A ocorrência foi registrada na 5ª Delegacia de Polícia (Área Central), que vai investigar o caso. O Metrópoles entrou em contato com a Comunicação Social da Polícia Civil, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem. As informações sobre o enterro ainda não foram divulgadas pela família.
Brasília Yacht Day
O perito participava da Brasília Yacht Day, festa na qual dezenas de lanchas se reúnem no Lago Paranoá embaladas por DJs. Durante o evento, Stefenson Marcus gravou um de seus últimos vídeos. Veja:
Márcio Santos, um dos organizadores da festa, disse ao Metrópoles que o local contava com a presença de brigadistas, os barcos eram homologados na Marinha e a festa acontecia próximo a um grupamento do Corpo de Bombeiros. “Os amigos (do perito) chegaram a levá-lo para os bombeiros, tentaram reanimá-lo, mas infelizmente isso aconteceu”, lamentou.
Exemplo
A forma séria como Stefenson atuava na Polícia Federal sempre rendeu muitos elogios. Um deles veio do senador Paulo Rocha (PT-PA), presidente da CPI do HSBC. A comissão foi criada em 2015 para apurar irregularidades relacionadas a contas bancárias de cidadãos brasileiros na filial suíça do banco HSBC, em Genebra.
Em ofício endereçado ao diretor-geral do Departamento da Polícia Federal, Leandro Daiello, o senador elogiou o perito pelo “trabalho notável, desenvolvido com competência, dedicação, zelo e profissionalismo, que representou valiosa contribuição para o cumprimento do trabalho da comissão”. “Dessa forma, solicito a V. Sa. o registro do presente elogio nos assentos funcionais do referido servidor, por questão de justiça e estímulo ao exemplo”, completou o parlamentar.
A Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais  (APCF) publicou uma nota de pesar. Confira na íntegra:
É com profundo pesar que a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais comunica o falecimento do colega perito criminal federal Stefenson Marcus Scafutto na manhã de hoje, 28. Scafutto era lotado no SRCC e foi um grande parceiro da APCF, com apoio na implementação do sistema de projetos da Associação.  Aos familiares e amigos, a APCF manifesta os pêsames e solidariedade.
Fonte: Metrópoles

Postar um comentário