FumanchúWebRádio

fan page

sábado, 3 de junho de 2017

A grande mentira sobre a prisão do homem da mala de Temer

A grande mentira sobre a prisão do homem da mala de Temer
O advogado de defesa de Rocha Loures, Cezar Roberto Bitencourt, avalia que o ex-deputado foi “preso para delatar”. Segundo ele, há uma tentativa de forçar o peemedebista a colaborar, mas a previsão é de que ele se mantenha em silêncio e não opte pelo acordo com o Ministério Público.
“Para que seria preso no sábado? Só pode ter sido preso para delatar. Não poderia ser (decidido) na 3ª feira em sessão na Turma?”, disse o advogado ao Estado, em referência ao dia de sessão nas Turmas do STF, que analisam questões penais.
Essa é a grande mentira sobre a prisão do ex-deputado. Ele foi preso porque recebeu uma mala com R$ 500 mil em propina. Depois que a casa caiu ele devolveu a mala. Isso é quase um flagrante. 
Ele não foi preso para delatar. Foi preso porque cometeu crime. 
Postar um comentário