FumanchúWebRádio

fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Adolescente desaparece e deixa mensagens na parede do quarto em Amarante

Foto: Denison Duarte/ Somos Notícia
A estudante Gabriela Alves da Silva, de 14 anos, está desaparecida desde o último domingo (11) do bairro Alto Alegre em Amarante ( a 160 km de Teresina). A família da jovem está desesperada e um fato inusitado chama ainda mais atenção neste desaparecimento. A jovem deixou várias inscrições na parede do seu quarto com mensagens aparentemente sem conexão. 
Entre as mensagens deixadas na parede a jovem escreve: "Eu odeio esse lugar. Odeio tudo isso. Eu vou guia o caminho certo que eu tenho fé em Deus escuti o seu coração e não o seu pessamento deus esta lendo isso ame[sic]".
Em contato com a produção do Jornal do Piauí, o pai da jovem explica que as inscrições foram encontradas no quarto somente após o desaparecimento, mas estariam no lugar há pelo menos uma semana. "Nós nunca suspeitamos de nada, ela nunca foi problemática e nunca demonstrou nada relacionado a doença para nós. Estamos desesperados com esse sumiço", descreve Gonçalo da Silva.
O delegado regional de Amarante, Otony Nogueira Neto, informou que a mãe da adolescente registrou um boletim de ocorrência na delegacia do município. A perícia foi realizada no quarto da jovem e segundo a Polícia, as frases escritas por ela serão analisadas na investigação. "Uma testemunha chegou a relatar que viu a jovem caminhando com sentido ao município de Regeneração, esta teria sido a última pessoa a vê-la, e ela será ouvida na investigação", acrescenta.
O delegado afirma ainda que a jovem não possui parentes nem namorado em Regeneração para onde supostamente ela teria ido. Ela também nunca foi diagnosticada com nenhum problema psicológico ou até mesmo depressão. "A jovem também não apresentava para a famílias indícios de suicídio. Enviamos equipes para Regeneração para intensificar as buscas", completa.
A Polícia alerta que caso seja encontrada, a jovem deve ser levada imediatamente para o Conselho Tutelar, à delegacia mais próxima, ou à sua família. Qualquer pessoa que ajudar a esconder ou ocultar o paradeiro da jovem poder ser incriminada por se tratar de uma adolescente de 14 anos.
Vídeo: Denison Duarte / Somos Notícia
Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com
Postar um comentário