FumanchúWebRádio

fan page

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Carroceiro confessa homicídio de estivador e é liberado após depoimento


Suspeito se apresentou à polícia. Fotos: Graciane Sousa/Cidadeverde.com
O suspeito de assassinar o estivador Fábio Rodrigues dos Santos Silva, 24 anos, se apresentou na manhã desta segunda-feira (5) à Polícia Civil. Amarildo Rodrigues da Silva Junior compareceu à sede da Delegacia de Homicídios com uma advogada e confessou o crime, mas permaneceu calado diante da imprensa. 
A advogada Iracema Farias disse que seu cliente não premeditou o crime e agiu em legítima defesa. 
"Há cerca de duas semanas, o Fábio furtou umas lâmpadas do barraco do meu cliente que depois foi tirar satisfação. E desde então estava sendo ameaçado. No sábado, Fábio chegou armado com uma faca e para se defender meu cliente deu uma paulada na cabeça da vítima em legítima defesa", declarou a advogada. 
Questionada sobre o motivo da tentativa de ocultação do cadáver, ela disse que Amarildo teria agido por impulso e por orientação de uma outra pessoa. 
"Ele ocultou por medo, nervosismo, força do momento. Não foi premeditado. Uma pessoa orientou que ele ocultasse o corpo e essa pessoa deve ser intimada", acrescenta a defesa. 
O inquérito policial está sob responsabilidade do delegado Higgo Martins. O coordenador da delegacisa de homicídios, Francisco Costa, o Baretta, revela que chama atenção o fato do "suspeito ter assassinado a vítima em um bairro, colocado o corpo em cima de uma carroça e desovado em um outro ponto, como se fosse um lixo". 
A vítima foi assassinada por volta de 00h30 do sábado (3), era usuário de drogas e era monitorado por tornozeleira eletrônica. Já o suspeito trabalhava como carroceiro e, de acordo com o delegado Higgo Martins, já responde a dois processos, sendo um por homicídio e outro por ameaça. 
Apesar da confissão, Amarildo prestou depoimento e em seguida saiu pela forta da frente da delegacia, por ter expirado o prazo de flagrante. 

Graciane Sousa (Flash)
Maria Romero (Redação)
redacao@cidadeverde.com
Postar um comentário