FumanchúWebRádio

fan page

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Criança aliciada sexualmente usava dinheiro para comprar comida; 4 presos

Três homens e uma mulher foram presos suspeitos de participação em um crime de estupro no município de Lagoinha do Piauí, a 98 km de Teresina. A vítima é uma criança de 11 anos de idade de origem humilde. A investigação da Polícia Civil apontou que os agressores praticavam os abusos sexuais e ofereciam pequenas quantias em dinheiro de R$ 2 a R$ 5 que a garota usava para comprar mantimentos para a família. 
"A vítima chegou a falar pra gente que os valores eram entre R$ 2 e R$ 5. Eles se aproveitavam porque ela é de origem humilde. A família não tem condição financeira e o dinheiro servia para a vítima comprar arroz e outros mantimentos", disse o delegado Thiago Damasceno, titular da Delegacia de Água Branca, que investiga o crime.
O caso foi denunciado pela própria vítima que atualmente tem 13 anos de idade e não suportava mais os abusos. A investigação teve início há 15 dias quando a garota procurou o Conselho Tutelar. 
Os presos foram identificados apenas pelo primeiro nome: Silvestre (aposentado da Polícia Militar), Francisco, Djalma e Francinete que seria responsável por aliciar a criança para o próprio marido. Eles têm idades acima dos 50 anos. Além dos quatro, há um quinto homem que é considerado foragido.
"A participação da mulher era praticamente levar a menor até à sua casa e deixá-la com o seu marido. Então, saía para o trabalho. Ela não presenciava de fato o que acontecia lá dentro, mas a vítima informou que a mulher sabia de tudo. Ela aliciava a menina somente para o marido. Contudo, o modo de agir dos suspeitos era semelhante, uma vez que eles levavam a criança para suas casas e cometiam o crime ", declarou o delegado.
Os suspeitos foram presos na cidade de Lagoinha do Piauí, termo judiciário do município de Água Branca, em cumprimento a mandados de prisão preventiva.


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Postar um comentário