FumanchúWebRádio

fan page

domingo, 18 de junho de 2017

Despedida emocionante de jovem casal antes de ser devorado pelas chamas Gloria e Marco telefonaram para as famílias minutos antes do incêndio os devorar; mensagem é de agradecimento e é comovedora.


Especialista em TV & Famosos


Gloria Trevisan e Marco Gottardi (Foto: Arquivo pessoal)
Gloria Trevisan e Marco Gottardi (Foto: Arquivo pessoal)


Essa é uma das histórias mais trágicas do incêndio da torre Grenfell, em #londres, na Inglaterra, ocorrido na quarta-feira (14). Um #Casal italiano estava vivendo no 23º andar desse prédio, que foi destruído pelas chamas. Sem escapatória possível, Gloria e Marco ligaram para os pais, na Itália, e se despediram, emocionados.
Eles foram dois dos primeiros mortos confirmados pelas autoridades. No total, são 30 as vítimas mortais, mas existem ainda mais de duas dezenas de feridos e 70 desaparecidos, que poderiam ainda estar dentro da torre, que se incendiou na última quarta-feira.
Não param de chegar as histórias das vítimas do trágico #Incêndio de Londres.
Muitos emigrantes viviam nessa torre, e Gloria e Marco eram uma das famílias que mais recentemente se haviam mudado.
Recém-formados em arquitetura, eles foram para Inglaterra há três meses, procurando por trabalho. Apaixonados por Londres, eles escolheram esse apartamento no 23º andar que tinha as melhores vistas da cidade.
Infelizmente, eles não conseguiram se salvar quando perceberam o incêndio. As chamas começaram no quarto andar, após uma suposta explosão de uma geladeira. O fogo foi deflagrar a partir daí, tomando conta do exterior do prédio.
Supostamente, o revestimento dessa torre era inflável e as chamas se propagaram em poucos minutos, dando poucas chances as pessoas que moravam nos apartamentos do andares de cima. O caso foi ainda mais trágico porque aconteceu durante a noite, e os moradores estavam já dormindo.
Sem alarme de incêndio, muitos nem se perceberam o que estava acontecendo até a fumaça começar a entrar em seus apartamentos. Foi o caso de Gloria e Marco, que quando quiseram sair, já viam as chamas em baixo de seu apartamento e não tinham qualquer acesso às escadas. Com a eminência do final mais triste, os jovens italianos não tiveram outra opção e ligaram para a família, uma última vez, de quem se despediram.
Gloria ligou para sua família às 3h da manhã, dizendo que havia um incêndio no prédio e que ela e o seu noivo estavam esperando por ajuda. Por essa altura, ela avisou os pais que conseguia ver as chamas subindo pelas escadas e que havia cada vez mais fumaça.
Pouco depois, o pai tentou ligar várias vezes, mas a filha não voltou a atender ao telefone. Também Marco ligou para os pais. Inicialmente, o jovem pediu para eles não se preocuparem e que estava tudo sob controle.
No entanto, em uma segunda chamada, ele já estava demonstrando mais desespero, dizendo que a fumaça estava aumentando e disse que o apartamento estava tomado pela fumaça.
Teria sido nesse momento que Gloria, já sem esperanças, se despediu da mãe. "Obrigada mãe por tudo o que você fez por mim", essas foram as últimas palavras da jovem, quando já sabia que não teria qualquer chance de escapar do inferno em que se transformou o prédio.
A advogada da família escutou a gravação das chamadas e é essa que confirma a morte do casal, uma vez que os corpos ainda não foram retirados.

Postar um comentário