FumanchúWebRádio

fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Ex-prefeito Alecxo Belo é condenado a devolver mais de R$ 800 mil A decisão Nº 121/17 é do dia 14 de maio deste ano e teve como relator o Conselheiro Substituto Delano Carneiro da Cunha Câmara.

Viagora ISABELA DE MENESES

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) julgou como irregular a prestação de contas do município de Dom Expedito Lopes, referentes ao ano de 2014, durante a gestão do ex-prefeito Alecxo de Moura Belo. O gestor foi condenado a devolver R$ 826.150,00. A decisão Nº 121/17 é do dia 14 de maio deste ano e teve como relator o Conselheiro Substituto Delano Carneiro da Cunha Câmara.
O ex-gestor também deve pagar multa no valor de R$ 3.200,00, que vão ser recolhidos ao Fundo de Modernização do Tribunal de Contas do Estado.
Para a decisão a Primeira Câmara do TCE levou em consideração divergência de R$ 77.594,54 entre o valor obtido no site www.fnde.com.br e o contabilizado pela escritura da prefeitura, divergência nos recursos vinculados da saúde, no valor de R$ 21.442,53 entre o valor apurado também no site e aquele contabilizado pela prefeitura.
  • Foto: Facebook/Edson Carlos Sousa LealEx-prefeito de Dom Expedito Lopes Alecxo BeloEx-prefeito de Dom Expedito Lopes Alecxo Belo
Além de licitações não finalizadas, elevada concessão de diárias ao prefeito, numerário indevido ao término dos meses e do exercício, como também a reicidência desse fato. 
Outro lado
Viagora tentou contato com o ex-prefeito Alecxo Belo na manhã de terça-feira (20), mas as ligações não foram atendidas. O espaço permanece aberto para esclarecimentos.
Postar um comentário