FumanchúWebRádio

fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Família faz vaquinha para trazer ao Brasil mulher com câncer terminal que mora em Londres Amanda Canuto é de Olímpia (SP), mas mora com marido e filhos há oito anos na Inglaterra. Mulher está com três tumores na cabeça e no pulmão.

Segundo a família, Amanda tem três tumores na cabeça e um no pulmão. Ela, que foi para Europa trabalhar, hoje vive em uma cama e precisa de cuidados de um home care, já que está com parte do corpo paralisado, além de estar com a visão debilitada.
“No começo, foi descoberto um câncer de mama, que foi retirado, mas há dois anos apareceu esses outros tumores e o corpo está paralisado. Os médicos deram apenas 20% de chances de ela sobreviver. Por isso, queríamos muito que ela voltasse para casa, ao lado da família. O que acontecer, melhor que aconteça ao lado da família”, diz o irmão de Amanda, Lucas Aparecido Gerardi Batista.
De acordo com Lucas, a passagem para Amanda voltar para o Brasil custa oito mil libras, algo em torno de R$ 30 mil. A família em Olímpia é de origem simples e Lucas diz que está desempregado. Na Inglaterra, a única fonte de renda é o que o marido dela ganha como motorista, em uma distribuidora de vinhos.
“Atualmente, minha mãe deixou o emprego dela no Brasil e foi para lá cuidar da minha irmã. A sogra dela também largou tudo para ajudar a cuidar da Amanda. Tem ainda os custos do home care. Para voltar ao Brasil, minha irmã precisa vir em uma maca, deitada, com aparelhos e médicos acompanhando a situação dela”, afirma.
Amanda com o marido e a mãe, que se mudou para Londres para cuidar da filha (Foto: Arquivo Pessoal)
Amanda com o marido e a mãe, que se mudou para Londres para cuidar da filha (Foto: Arquivo Pessoal)

Família

Amanda vive na Inglaterra com o marido e dois filhos, Miguel, de 3 anos, e Gabriel, de 6 anos. Ela foi com o marido, que é de Guaraci (SP), tentar a vida na Europa, há 11 anos, e há oito moram no país do Reino Unido.
O marido dela trabalha como motorista em uma distribuidora de vinhos, enquanto Amanda, quando tinha condições, fazia faxinas e trabalhava como autônoma. Amanda tem como grande desejo voltar para o Brasil com toda a família e, assim, poder ficar ao lado de seu pai, irmãos, avó e sobrinhos.
“Os médicos autorizam a viagem, desde que ela possa fazê-la em condições de segurança e conforto total. A família não dispõe de recursos para cobrir o alto custo das passagens aéreas. Estamos tentando no consulado para trazê-la sem custo, mas é complicado”, diz o irmão.

A vaquinha

campanha para arrecadar o dinheiro começou nesta terça-feira (13) e arrecadou cerca de 30% do esperado. No site, amigos, familiares e até pessoas que não a conhecem deixam recado na internet.
“Que Deus abençoe você Amanda, desejo do fundo do meu coração que realize sua vontade de voltar para ver toda sua família. Força, fé, para Deus nada é impossível”, diz uma internauta que colaborou.
Uma vaquinha em um site europeu também foi criada por amigos de Amanda que moram em Londres. “Amanda, você vai conseguir realizar esse desejo. Você merece estar ao lado de quem você ama. Estou rezando por todos vocês. Fiquem com Deus”, escreveu uma colaboradora.
Uma página para vaquinha em Londres foi criada para ajudar Amanda (Foto: Reprodução)
Uma página para vaquinha em Londres foi criada para ajudar Amanda (Foto: Reprodução)
Postar um comentário