FumanchúWebRádio

fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

terça-feira, 13 de junho de 2017

Mãe de tatuador preso diz que filho está arrependido: 'Ele agiu por impulso no calor da emoção' Maycon Reis foi preso acusado de torturar, com um comparsa, adolescente de 17 anos em uma pensão no ABC. 'Ele é um bom menino', diz a mãe.

Mãe de tatuador diz que filho está arrependido
A mãe do tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27 anos, disse em entrevista ao G1 que o filho está arrependido por ter tatuado a testa de um adolescente de 17 anos com a frase "Sou ladrão e vacilão" em uma pensão em São Bernardo do Campo, no ABC. "Ele é um bom menino. Ele simplesmente, em uma atitude de nervosismo, agiu de maneira errada. Agiu por impulso, no calor da emoção."
Maycon e o vizinho dele, Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, foram presos na sexta-feira (9) após gravarem e compartilharem um vídeo no qual mostram o menor de 17 anos sendo tatuado na testa. "Ainda não caiu minha ficha, não acredito que ele possa ter feito isso", disse a mãe. A Prefeitura de São Bernardo do Campo fez parceria com a Faculdade de Medicina do ABC para a realização da cirurgia de remoção da tatuagem na testa do adolescente.
"Estão pondo ele como monstro, e ele não é isso. É um menino trabalhador, faz os 'corre' dele. Foi um momento do nervoso."
 O tatuador Maycon Reis e o vizinho Ronildo Moreira foram presos por torturar adolescente em São Bernardo do Campo (Foto: Divulgação/Polícia civil)O tatuador Maycon Reis e o vizinho Ronildo Moreira foram presos por torturar adolescente em São Bernardo do Campo (Foto: Divulgação/Polícia civil)
A mãe de Maycon acredita que o filho tenha tido a reação "impulsiva" no caso pelo histórico recente de violência sofrido pela família. Ela relata que sofreu um sequestro relâmpago há pouco tempo e que ficou em poder dos criminosos por quatro horas. Rosilene foi agredida diante do filho. Segundo ela, o caso não teve solução por parte da polícia.
Em outra ocasião, ela foi assaltada com violência em um semáforo e teve o carro roubado por ladrões. Este caso também não teve solução, segundo ela. Na terceira ocorrência, ela teve a casa invadida e quatro portas arrombadas. "Levaram tudo. Chamamos a polícia, e estamos esperando até agora."
A irmã de Maycon, Milena, de 19 anos, chorou ao saber do ocorrido. "Na hora da raiva, a pessoa faz coisa errada, o sangue sobe. Se ele tivesse pensado, não teria feito. Todos sabem que ele não é um monstro."

'Ele sempre foi de igreja', diz tio

Tios de homem que tatuou testa de adolescente defendem o sobrinho
Maycon tem uma banda de música e cantava em igrejas. Ele tem vídeos no YouTube de suas apresentações, nas quais usa o nome de Tato Reis.
Ricardo Rodrigues Carvalho, de 39 anos, tio do tatuador, diz que Maycon sempre foi de frequentar igreja e que a família está muito triste o que aconteceu. "Ninguém esperava que isso acontecesse com o Maycon. Ele sempre foi um moleque educado, sempre foi de igreja. Ele tem o dom do louvor, ele toca instrumento, tudo quanto é tipo de instrumento, ele realmente é um menino que tem Deus no coração mesmo”, disse o tio. “Foi uma fatalidade o que aconteceu.”
Vìdeo mostra Maycon Reis tocando e cantando em culto evangélico em 2011 (Foto: Reprodução/YouTube/iadshammah)
Vìdeo mostra Maycon Reis tocando e cantando em culto evangélico em 2011 (Foto: Reprodução/YouTube/iadshammah)
“Não quero dizer que ele foi certo ao fazer isso com o menino, mas também não é certo ele pagar por uma coisa que não foi motivo de tortura. Foi um motivo mais de brincadeira”, acrescentou.
“Acredito que o Maycon agiu por impulso”, disse Rosimara Cardoso Rodrigues Carvalho, de 39 anos, tia do tatuador. “Ele está pagando pela atitude errada que teve, mas e o menino [tatuado]? Sei que todos justificam hoje a questão de ele estar doente, de ele ter um problema com o vício, mas toda ação gera reação. Acho que tem que ser pesado na balança e não só punir uma pessoa, não é punir, e sim mostrar o erro que cada um fez”, acrescentou a tia.
Postar um comentário