FumanchúWebRádio

fan page

sábado, 24 de junho de 2017

Ministro da Justiça vai dar golpe na Lava Jato

Ministro da Justiça vai dar golpe na Lava Jato
O ministro da Justiça, Torquato Jardim, anunciou que fazem parte de seus planos promover duas mudanças na Polícia Federal.
A principal mudança anunciada é a troca do diretor-geral, que é uma espécie de fiador da Lava Jato.
A saída do diretor geral, Leandro Daiello, é vista por seus pares como uma tentativa de interferir na investigação, o que o ministro nega.
Em reação ao anúncio do ministro, o procurador da Lava jato, Carlos Fernando dos Santos Lima publicou em seu perfil do Facebook:
"É preciso que a sociedade fique atenta às tentativas de barrar as investigações da Lava Jato por todo o país. Sem a Polícia Federal as investigações perdem muito de sua força operacional."
Um dos nomes cotados para assumir o cargo ocupa o segundo posto na hierarquia da PF, o delegado Rogério Galloro, apontado por seus pares como um policial de perfil mais político.
A indicação de Galloro para o cargo foi feita pelo general Sérgio Etchegoyen, chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República), segundo a Folha de S. Paulo.
Postar um comentário