FumanchúWebRádio

fan page

domingo, 18 de junho de 2017

Presidente da OAB ataca de forma fulminante o presidente da Câmara

Presidente da OAB ataca de forma fulminante o presidente da Câmara
Claudio Lamachia, presidente da OAB, pediu que a Câmara dos Deputados paute ‘com urgência’ o pedido de impeachment do presidente do Michel Temer (PMDB). 
A Ordem protocolou o pedido no dia 25 de maio.
A entidade máxima da Advocacia atribui a Temer crime de responsabilidade, em violação ao artigo 85 da Constituição no episódio JBS.
Lamachia criticou Rodrigo Maia, presidente da Câmara, pela demora: 
"A Câmara dos Deputados não pode continuar agindo com cinismo. O presidente da Câmara deve satisfação à população e, por isso, precisa pautar com urgência a análise dos pedidos [de impeachment]."
Maia rebateu o presidente da Ordem:  
"Não me cabe comentar as resoluções do Conselho Federal da OAB. Não sou comentarista de agenda de advogados. Como também não creio que caiba ao presidente da OAB comentar ritos e procedimentos do processo legislativo."
Lamachia contra-atacou de forma fulminante:
"Maia não conhece a Constituição, algo fundamental para que exerça o cargo que ocupa. Uma das incumbências [do cargo] é apreciar o pedido de impeachment, algo que ele tem se recusado a fazer", disse o presidente da OAB. "Não é função do presidente da Câmara atuar como muralha de proteção a aliados políticos investigados."
A divulgação da entrevista de Joesley Batista reacendeu as chances de Michel Temer cair. O presidente é alvo de uma investigação e pode ser denunciado nos próximos dias pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por supostos crimes cometidos e relatados por Joesley Batista, que fechou acordo de delação premiada e leniência com Ministério Público Federal.
Postar um comentário