FumanchúWebRádio

fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

terça-feira, 13 de junho de 2017

Sérgio Moro absolve esposa de Sérgio Cabral

Sérgio Moro absolve esposa de Sérgio Cabral
A mulher de Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo, foi absolvida por falta de prova suficiente de autoria ou participação. 
A ré Mônica Carvalho, esposa de Wilson Carvalho, também foi absolvida pelo mesma razão.
A decisão foi publicada no sistema da Justiça Federal por volta das 11h desta terça-feira (13). 
Veja os réus condenados e os respectivos crimes
  • Sérgio Cabral – ex-governador do Rio de Janeiro: corrupção passiva, 12 crimes de lavagem de dinheiro; 14 anos e 2 meses de prisão
  • Wilson Carlos Cordeiro de Silva Carvalho - secretário do governo do Rio de Janeiro durante a gestão de Cabral - corrupção passiva e dois crimes de lavagem de dinheiro; dez anos e oito esses de reclusão
  • Carlos Emanuel de Carvalho Miranda - sócio do ex-governador Sérgio Cabral - corrupção passiva e quatro crimes de lavagem de dinheiro; 12 anos de reclusão
De acordo com a denúncia do MPF, Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo e outros dois réus – Carlos Miranda e Wilson Carlos – “se valeram do cargo do ex-governador para solicitar e receber vantagem indevida”. Este fato, segundo os procuradores, é motivo para aumento de pena para os crimes de corrupção.
Adriana escapou desta, porém há outras denúncias.
Postar um comentário