FumanchúWebRádio

fan page

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Edson Fachin está humilhado com situação dos R$ 42 x R$ 500 mil

Edson Fachin está humilhado com situação dos R$ 42 x R$ 500 mil
O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, está completamente humilhado com a comparação feita com duas de suas decisões. Não é para pouco, o ministro deve se envergonhar e carregar este peso até o momento de sua passagem. 
Muitos ficam extremamente doentes com este sentimento que o magistrado deve estar sentindo agora. 
Fachin negou o habeas corpus que libertaria uma mulher de 39 anos, na cadeia desde 2011. O motivo da prisão foi que ela tentou furtar, num estabelecimento comercial de Varginha, no interior de Minas Gerais, dois desodorantes e cinco frascos de chicletes que hoje custariam, somados, 42 reais.
Quase cinco meses depois, em “decisão monocrática”, o ministro mandou soltar Rodrigo Rocha Loures, ex-deputado federal e ex-assessor do presidente Michel Temer, engaiolado em Brasília desde 3 de junho. Detalhe: Rocha Loures foi filmado pela Polícia Federal ao sair de uma pizzaria de São Paulo carregando uma mala com 500 mil reais em dinheiro vivo, recebidos de um executivo da JBS. 
Fachin foi indicado por Dilma RoussefF, aquela que dizia ser a presidenta dos pobres. O ministro inclusive chegou a defender publicamente a candidatura a reeleição da petista.
As diferenças entres as decisões de Fachin mostram o quão hipócrita é a esquerda. O fato é mais uma prova de que o STF não faz justiça, mas sim, defende os mais ricos.
Postar um comentário