O atual presidente da República, Michel Temer, afirmou que vai respeitar qualquer decisão da Câmara sobre a denúncia contra ele. O peemedebista é acusado de cometer o crime de corrupção passiva.
A declaração ocorre um dia depois de o deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ) apresentar o relatório a favor da continuidade da denúncia na Câmara.
Em discurso no lançamento do Plano Safra 2017/2018, o peemedebista disse que a Câmara tomará uma decisão "importantíssima" nesta semana e que não é hora de ter "dúvidas" ou "receios".