FumanchúWebRádio

fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Morre bebê britânico que sofria de doença rara Na quinta (27), um juiz determinou que a criança fosse transferida para uma clínica onde os aparelhos que o mantinha vivo seriam desligados

Chegou ao fim a batalha legal sobre o tratamento médico do bebê Charlie Gard, que sofria de uma doença rara e incurável.
De acordo com Connie Yates e Chris Gard, pais da criança, Charlie, de apenas 11 meses, morreu nesta sexta-feira (28), informaram diversos sites da imprensa britânica.
Gard sofria de problema de escassez de ADN mitocondrial, uma doença rara que retira ao corpo a capacidade de dar energia aos músculos, já que afeta as células responsáveis pela produção de energia e respiração.
Na quinta (27), um juiz determinou que a criança fosse transferida para uma clínica onde os aparelhos que o mantinha vivo seriam desligados.
"O hospital nos negou o nosso último desejo", disse a mãe de Charlie, Connie Yates, segundo a BBC.
Postar um comentário