FumanchúWebRádio

fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

quinta-feira, 13 de julho de 2017

‘Urgente: Juiz Sérgio Moro recebe ameaça após condenar Lula e Militares vão agir, confira!’

News Atual
O juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava-Jato, vem sendo ameaçado de morte pelo baixo-clero descontente com sua atuação nas investigações.
Desde que destacou-se como figura crucial às investigações da operação Lava Jato, aquela que vem ameaçando cobras e lagartos, Moro recebe ameaças de morte, pois até mesmo chegou a ser alçado ao patamar de ‘herói nacional’ pelo povo e mandar buscar Lula em sua humilde residência para uma conversinha entre cavalheiros, as ameaças ao juiz triplicaram.
Pelo menos três desses ataques resultaram em abertura de inquérito por um motivo muito simples: incitaram, entre outras barbaridades, ao assassinato do juiz da Lava-Jato. “Chega de palhaçada de acreditar na democracia de direita. Matem o Moro”, escreveu no Twitter um agressor já identificado.
“Tenhamos coragem. Matemos Moro e acabemos com esta festa”, emendou o militante. “Todos de esquerda nas ruas já e com armas! É guerra civil”, postou outro radical no Facebook. “Matar o Moro e todos os fascistas.

É guerra”, prosseguiu. Mensagens desse quilate puseram a polícia e Moro em alerta. A “ameaça concreta” que o juiz paranaense dizia inexistir despontou como uma possibilidade real.
Prudência agora é o nome do jogo. Após Lula ser condenado por Sérgio Moro, agentes da Polícia Federal se revezam num esquema ostensivo ao redor de Moro.
Em paralelo, policiais rastreiam a origem das ameaças e de telefonemas que o magistrado tem recebido. “Identificaremos todos eles”, disse a VEJA um investigador que trabalha no caso.
Os delinquentes já não escondem o rosto atrás de bandeiras partidárias: gritam seu ódio em redes sociais para qualquer um acessar, certos de que a mesma impunidade que blindava os chefões ainda os blindará agora.
E o governo ainda tem o desplante de vir a público dizer que nunca na história do Brasil houve tanto combate à corrupção. Ora, ora, malandragem, dá um tempo! Quem combate a corrupção é a Polícia Federal.
“Se há corrupção no PT, por que a Polícia Federal não pode investigar? Se houve corrupção no governo FHC ou qualquer outro, por que não denunciaram ?”
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava no Instituto que leva seu nome, em São Paulo, quando soube de sua condenação. Segundo um dos um dos vice-presidentes do PT, Márcio Macedo.
Questionado se já foi discutido se a condenação tornaria inviável uma eventual candidatura de Lula em 2018, Macedo disse que o assunto não foi discutido.
“Estamos indignados com o que aconteceu”, disse. Segundo Macedo, Lula vai se pronunciar “na hora adequada”.
Postar um comentário