FumanchúWebRádio

fan page

sábado, 5 de agosto de 2017

Luiz Melodia será enterrado neste sábado Cerimônia está marcada para 10h, no Cemitério do Catumbi. Cantor lutava contra um câncer e morreu na última sexta-feira.

Por G1 Rio
Corpo de Luiz Melodia é velado no Rio de Janeiro (Foto: ARMANDO PAIVA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO)Corpo de Luiz Melodia é velado no Rio de Janeiro (Foto: ARMANDO PAIVA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO)
Corpo de Luiz Melodia é velado no Rio de Janeiro (Foto: ARMANDO PAIVA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO)
O corpo do cantor e compositor Luiz Melodia, que morreu nesta sexta-feira (4) aos 66 anos, será enterrado neste sábado no Cemitério do Catumbi, no Centro do Rio. Ele lutava contra um câncer que atacou a medula óssea.
No início do velório, duas bandeiras foram postas em cima do caixão de Luiz Melodia: uma do Vasco da Gama (time de Melodia) e uma da Estácio de Sá. Familiares, amigos famosos e anônimos também compareceram ao velório. Um bar em frente à escola tocava músicas do compositor em alto volume.
Casada há 40 anos com o cantor Luiz Melodia, Jane Reis, muito emocionada, contou que chamava o marido de "passarinho".
"[Ele] Voou. Voou mais alto. Foi pra longe da gente. Foi cantar em outro lugar".
Com olhos marejados, Jane não soube explicar porque as músicas de Melodia eram tão especiais para a grande maioria dos fãs.
"Não sei. Ele era muito sincero, muito inteiro. Tudo o que ele fazia, ele fazia com muita sinceridade. Eu acho que as pessoas se identificam com essa sinceridade, elas se veem na sinceridade. Então, eu acho que o que saía era ele, e acabou. Sem mais, sem menos. Sem meias palavras, ou com muitas meias palavras, mas sinceramente", declarou.
"Estou vindo aqui na despedida de um grande amigo, um grande vascaíno. Uma pessoa que aprendi a respeitar e gostar, não só das suas melodias, mas também do seu caráter", lamentou o ex-jogador e ex-presidente do Vasco Roberto Dinamite.
A atriz Zezé Motta lembrou com muito carinho momentos ao lado de Luiz Melodia. Disse que o artista irá deixar "muita saudade" e fará "muita falta".
"O que me consola é que foi um amigo-irmão do qual eu aproveitei bastante. A companhia dele, eu bebi muito na fonte da poesia dele. E ele continua vivo através da obra dele. Isso é muito importante."
Luiz Melodia durante show na Virada Cultural, em São Paulo, em maio de 2014 (Foto: Nelson Antoine/Milenar)
Luiz Melodia durante show na Virada Cultural, em São Paulo, em maio de 2014 (Foto: Nelson Antoine/Milenar)
Postar um comentário