FumanchúWebRádio

fan page

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Para constranger e intimidar deputados, Globo deixou de apresentar Jornal Nacional e novela, mas se deu mal

A Globo decidiu não transmitir o Jornal Nacional e a novela das 21 horas, “A Força do Querer”, nesta quarta-feira, por causa da transmissão da votação na Câmara dos Deputados sobre o envio da acusação por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer ao Supremo Tribunal Federal. O peemedebista conseguiu o apoio avassalador da maioria dos 513 deputados – 263 deles votaram com o presidente. Durante a votação, a apresentadora do Jornal Nacional, Renata Vasconcellos, anunciou que o jornalístico não seria exibido. Minutos depois, já depois das 21 horas, quando começaria a novela de Gloria Perez, a jornalista voltou a falar, afirmando que o canal também não transmitiria o folhetim.
Questionada se era a primeira vez na história que a Globo deixava de exibir o Jornal Nacional e se o jornalístico havia sido suspenso em todas as regiões do País nesta quarta-feira, a assessoria de imprensa da emissora afirmou que estava apurando as informações. O canal já deixou de exibir a novela das 21 horas antes – em 2016, para transmitir a abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, “Velho Chico” não foi ao ar.
Terminada a votação, a Globo passou a exibir o Futebol. Em São Paulo, a partida entre Palmeiras e Botafogo começou a ser transmitida depois dos dez primeiros minutos de jogo. No Rio de Janeiro, Flamengo e Santos já estavam em campo havia seis minutos quando a partida começou a ser exibida.
Postar um comentário