FumanchúWebRádio

fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Temer agradece Câmara por 'eloquente decisão' de barrar denúncia Temer governa com um dos menores índices de popularidade da história: 7%

O presidente Michel Temer realizou um pronunciamento nesta quarta-feira (02), depois que a Câmara dos Deputados barrou a denúncia em que a Procuradoria-Geral da República (PGR) o acusava de ter cometido crime de corrupção. Com a denúncia, o peemedebista passou a ser o primeiro presidente da história do país denunciado no exercício do cargo.
Para o presidente, Câmara se manifestou de forma "clara e incontestável", destacando que essa é uma conquista da Constituição. 
"A decisão soberana do parlamento não é uma vitoria pessoal de quem quer que seja, mas é um conquista do Estado Democrático de Direito, da força das instituições e da própria Constituição", disse o presidente. 
"Diante dessa eloquente decisão, eu posso dizer que agora seguiremos em frente com as ações necessárias para concluir o trabalho que meu governo começou".
"Estamos retirando o Brasil da mais grave crise econômica da história", afirmou Temer, que passou a destacar as ações que tomou desde que assumiu o cargo, em maio de 2016. 
"Não descansarei até 31 de dezembro de 2018, quando encerrarei o governo", disse o peemedebista, completando: "Agora seguimos em frente com as ações necessárias para concluir o trabalho que meu governo colocou a mais de 1 ano".
Confira o pronunciamento completo: 
Postar um comentário