FumanchúWebRádio

fan page

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Temer volta a defender parlamentarismo como sistema de governo "Se puder ser em 2018, será ótimo", disse o presidente, em evento em São Paulo

Durante um congresso do setor automobilístico, na zona sul de São Paulo, nesta terça-feira (8), o presidente Michel Temer defendeu um modelo de "semipresidencialismo" ou "semiparlamentarismo" no Brasil, em moldes próximos aos da França e Portugal, para as eleições de 2018 ou 2022.
"Já estamos fazendo quase um pré-exercício de parlamentarismo", disse ele, ao falar com jornalistas presentes ao evento.
"O Legislativo era tido como um apêndice do Executivo. Hoje ele é parceiro do Executivo", completou.
Temer diz que cita modelos onde o presidente ainda tem "presença muito significativa no espectro político".
"Se pudesse ser em 2018, seria ótimo. Se não puder, o tempo é curto, quem sabe preparar-se para 2022", afirmou. Com informações da Folhapress.
Postar um comentário