fan page

Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

domingo, 23 de setembro de 2018

TSE decide que Bolsonaro pode criticar as urnas

Papo TV
TSE decide que Bolsonaro pode criticar as urnas
A Coligação "O Povo Feliz de Novo" (PT/PCdoB e PROS), ou seja, a extrema-esquerda, solicitou ao TSE direito de resposta e de retirada da internet de um vídeo do candidato do PSL à Presidência nas eleições 2018, Jair Bolsonaro. 

No vídeo, gravado de dentro do hospital, onde se recupera após ter sido esfaqueado, Bolsonaro faz críticas às urnas eletrônicas. 
Nas imagens, Bolsonaro disse que as eleições deste ano podem resultar em uma "fraude" por causa da ausência do voto impresso. 
"A grande preocupação realmente não é perder no voto, é perder na fraude. Então essa possibilidade de fraude no segundo turno, talvez até no primeiro, é concreta", declarou Bolsonaro, líder nas pesquisas de intenções de voto. 
Nesta sexta-feira, 21 de setembro, o ministro Carlos Horbach, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou os pedidos.
Para o Hobach, embora as declarações de Bolsonaro sejam "questionáveis", elas refletem o pensamento de grupos sociais que são contrários ao avanço tecnológico das urnas.
Postar um comentário